quinta-feira, 25 de junho de 2020

Sara Winter deixa cadeia e terá que usar tornozeleira eletrônica


Sara Giromini ficará solta usando tornozeleira, isolada do grupo e ...

Liberada da prisão, a ativista Sara Winter terá que usar tornozeleira eletrônica. As decisões são do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, relator do inquérito sobre fake news, ofensas e ameaças contra a Suprema Corte.
De acordo com Alexandre de Moraes, Sara terá que se manter a pelo menos um quilômetro do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal e não poderá contatar nenhum dos outros investigados que também foram presos no último dia 15.
Os ativistas só estão liberados para sair de suas residências se for para trabalhar ou estudar e devem informar mudança de endereço. Em caso de descumprimento das regras, Alexandre de Moraes admite decretar prisão preventiva, sem prazo predeterminado para a saída.

Nenhum comentário:

Postar um comentário