domingo, 21 de junho de 2020

Polícia cumpre mandado em chácara de grupo bolsonarista em Brasília e apreende fogos de artifício e cofre


A Polícia Civil do Distrito Federal deflagrou na manhã deste domingo (21) uma operação contra três grupos de extremistas que apoiam o presidente Jair Bolsonaro. Os integrantes são investigados por milícia privada, ameaças e porte de armas. A chácara ficava na região de Arniqueira, a cerca de 20 quilômetros da Praça dos Três Poderes. A informação foi divulgada pelo G1.
Policiais da Coordenação Especial de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (Cecor), aprenderam fogos de artifício, anotações com planejamento de ações e discursos, cartazes, celulares, um facão, um cofre, e outros materiais destinados a manifestações.
Sara Giromini chefe de um dos grupos de extrema-direita que estavam concentrados na chácara de Arniqueiras, está presa desde o início da semana passada por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF).
O governo do Distrito Federal decidiu fechar a Esplanada dos Ministérios para o trânsito de veículos por causa de manifestações marcadas para ocorrer hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário