segunda-feira, 4 de maio de 2020

Desde o primeiro caso confirmado em 18 de março, Itabuna tem média superior a 5 infectados por dia



Desde a constatação do primeiro infectado por coronavírus em Itabuna, no caso de um morador do bairro São Judas, já se vão 46 dias, e como a cidade tem, de acordo com a Vigilância Epidemiológica do município, 252 infectados, até o domingo (03), pode-se dizer que a média nesse período é de 5.47 pessoas contaminadas por dia.
Assim como a ampla maioria das cidades em todo o planeta, afetadas pela presença do coronavírus, Itabuna apresentou crescimento contínuo, e se a média permanecer alta, o município vai entrar no que os especialistas chamam de crescimento exponencial, isto é, quando, em suma, o número de infectados que precisam de internação ultrapassa a quantidade de pacientes que o sistema de saúde consegue absorver. É aí que ocorre o chamado colapso.
Os mesmos especialistas mundo afora, orientam a população para que fique em casa. Como em Itabuna, boa parte da população segue nas ruas como se nada tivesse acontecendo, rapidamente, a cidade foi ultrapassando ou deixando para trás municípios até maiores, como Feira de Santana e Vitória da Conquista, tornando-se a segunda do estado em número de casos, posição outrora ocupada por Feira de Santana e Porto Seguro, nas semanas iniciais, e mais recentemente, Ilhéus, que aparece agora como a terceira maior cidade em número de casos, com 234 confirmados para a Covid-19.
Na primeira metade desses 46 dias, ou seja, de 18 de março a 10 de abril, Itabuna tinha 20 casos. Ocorre que nesta segunda metade, isto é, de 11 de abril a até 04 de maio, foram registrados mais 232 casos. Afirma-se, portanto, que 92% dos casos confirmados em Itabuna ocorreram nos últimos 23 dias. Constata-se ainda que 70% dos casos de Covid-19 em Itabuna foram registrados nos últimos 12 dias. A última semana foi marcada por 36% dos casos totais no município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário