quarta-feira, 13 de maio de 2020

Criminoso de alta periculosidade tomba em confronto com a Polícia Civil em Ilhéus


Na manhã desta quarta-feira (13), policiais civis de Ilhéus cumpriram mandado de prisão preventiva, expedido pela 1ª Vara do Júri, em desfavor de Juranilson da Silva Santos, popularmente conhecido como Didil, considerado pela polícia como indivíduo de alta periculosidade.
Contudo, o homem reagiu à abordagem policial disparando com arma de fogo contra os agentes, que revidaram e atingiram o criminoso. O caso aconteceu em uma estrada vicinal de Maria Jape, distrito de Ilhéus. Didil foi socorrido para o Hospital Regional da Costa do Cacau, mas não resistiu aos ferimentos.
Na ação policial foram apreendidos uma espingarda de retrocarga e um revólver de calibre .32. A decretação da prisão preventiva foi fruto do trabalho investigativo do Núcleo de Homicídios referente ao assassinato de Ricardo Benedito dos Santos Júnior, ocorrido em 08 de outubro de 2019, naquela localidade.
Didil integrava uma facção criminosa, com atuação na zona rural do município, sendo investigado junto com outros comparsas em homicídios, tráfico, roubos a pequenos produtores rurais, espancamentos a moradores, e outros crimes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário