sexta-feira, 15 de maio de 2020

Assim como Bolsonaro, Maduro defende cloroquina e aumenta produção



Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que a cloroquina é eficiente contra Covid-19, mesmo que estudos não comprovem informação (Foto: Governo da Venezuela/AP)
Anita Efraim - Yahoo Notícias - Não há comprovação cientifica que o uso da cloroquina seja eficaz no combate ao coronavírus, mas, mesmo assim, há presidentes que insistem no uso do medicamento, entre eles, Nicolás Maduro, da Venezuela, e Jair Bolsonaro, presidente do Brasil.
Na noite da última quinta-feira, Maduro usou o Twitter para parabenizar o país pelo avanço na produção de cloroquina. “Felicito o pessoal científico da saúde do nosso país, que trabalham com boa fé e amor para proteger a saúde do povo”, escreveu.Segundo o presidente venezuelano, o remédio é “efetivo para o tratamento contra a Covid-19”. Estudos recentes não confirmam a informação.
Felicito al personal científico de la salud de nuestro país, quienes trabajan con buena fe y amor para proteger la salud del pueblo. Con ellos avanzamos en la producción de Cloroquina Difosfato, fármaco efectivo para el tratamiento contra el Covid-19. ¡Sí Se Puede Venezuela!
A cloroquina, defendida pelo presidente Jair Bolsonaro, foi pivô do pedido de demissão do ministro da Saúde, Nelson Teich. Ele era contra o uso irrestrito do medicamento em qualquer caso de coronavírus e alertava para os efeitos colaterais do remédio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário