quarta-feira, 29 de abril de 2020

Polícia Civil prende duas pessoas por golpes com cartão de crédito



A Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), por meio da Seção Antissequestro e Crimes Cibernéticos, prendeu na tarde desta sexta-feira (24), duas pessoas envolvidas no conhecido “Golpe do motoboy”. As prisões contaram com apoio operacional do Tigre, grupo tático da Polícia Civil.
Segundo o delegado José Carlos, criminosos que possuem acesso a dados de cartões de crédito e telefones das administradoras de cartões fazem contatos com as vítimas e informam que houve uma suposta compra indevida no cartão de crédito delas. Para dar credibilidade ao golpe, os envolvidos pedem que a própria vítima retorne a ligação para o número inserido no verso do cartão.
“Ao retornar a ligação, um outro membro do grupo continua o falso atendimento, orienta a vítima a cortar o cartão, sem danificar o chip, e entregar a um suposto funcionário da administradora de cartões que se desloca até a casa da vítima”, frisou a autoridade policial.
O delegado José Carlos disse ainda que este suposto funcionário é, na verdade, um outro integrante da organização criminosa. “O cartão era repassado para o braço da organização em Maceió que passava os cartões em maquinetas, causando prejuízos às vítimas que iam de R$ 5 a 20 mil, de acordo com os limites disponíveis”, explicou.
Com os indivíduos presos, foram apreendidas cinco maquinetas usadas nos golpes e cartão de uma vítima que tinha acabado de cair na trama criminosa. Além de duas motos e um carro utilizados para busca dos cartões nas casas das vítimas.
Os envolvidos identificados responderão por estelionato e organização criminosa.
“Nos últimos três meses foram registrados 30 boletins de ocorrência que relatam o mesmo modus operandi, tendo os envolvidos presos confessado pelo menos 12 destes estelionatos. As investigações continuam, pois, parte do grupo, estabelecida em outro Estado da federação, ainda não foi identificada”, concluiu o delegado José Carlos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário