segunda-feira, 13 de abril de 2020

Em crise financeira por queda nas receitas, Record pede moratória na Justiça


Edir Macedo declara apoio a Bolsonaro - ISTOÉ Independente

Em meio a crise da pandemia do novo coronavírus, a Rede Record entrou na Justiça de São Paulo pedindo uma moratória de 90 dias, que é o adiamento do pagamento de dívidas trabalhistas.
Segundo informações do colunista Ricardo Feltrin, do UOL, a emissora dos bispos vem passando por uma queda na receita por perda de anunciantes. No pedido, que corre na 1ª Vara do Trabalho da Capital, consta que empresas como Bradesco, Toyota, Banco do Brasil e Ambev suspenderam contratos.
Além de ter que lidar com a negociação de reduzir valores de outros anunciantes, a Record saiu derrotada em um processo contra uma ex-funcionária. Na ação, o canal de TV terá que realizar o pagamento de uma quantia no valor de R$ 3 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário