sábado, 21 de março de 2020

Itabuna volta a registrar duplo assassinato na madrugada deste sábado (21)


VERDINHO - Na madrugada deste sábado (21), um duplo homicídio voltou a ocorrer em Itabuna. Ronaldo Santos Silva, 36 anos, popularmente conhecido como Galego, foi morto a tiros em Itabuna. O crime ocorreu na Rua Senhor do Bonfim, próximo à feira livre do bairro de Fátima. Cápsulas de pistolas de calibres .380 e .45 foram encontradas no local. Foram quatro tiros que atingiram diversas partes do seu corpo.
Clóvis Marinho de Jesus, 44 anos, foi a outra vítima assassinada nesta madrugada, já na Rua Boa Vista, também naquela área. O crime ocorreu na Rua Senhor do Bonfim, próximo à feira livre do bairro de Fátima. Cerca de cinco tiros atingiram Clóvis, também em várias partes do corpo. Além de cápsulas das duas armas citadas acima, neste segundo caso, também foram encontradas cápsulas de pistola .40. Clóvis era suspeito de cometer roubos e furtos no bairro de Fátima e Califórnia. Ele era dependente químico.
De acordo com informações de moradores das imediações, dois indivíduos aproximaram-se da primeira vítima e atiraram diversas vezes, à queima-roupa. Em seguida partiram pra executar a segunda vítima, Clóvis. O modus operandi dos criminosos foi semelhante ao crime ocorrido no mesmo bairro, no último dia 28 de fevereiro (Relembre aqui).
Os muitos tiros disparados foram ouvidos e compartilhados por alguns internautas moradores daquela região. Muitos ficaram assustados com a quantidade de disparos efetuados.

Populares afirmaram que Galego também era dependente químico, de modo que as dívidas com traficantes de entorpecentes pode ter sido a motivação para sua morte. Ao lado do seu corpo, foi encontrado um cachimbo artesanal, utilizado comumente para fazer uso de crack.
A Polícia Militar foi acionada e isolou as áreas do duplo assassinato. Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica removeu os corpos de ambas as vítimas. A Polícia Civil investiga o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário