quinta-feira, 19 de março de 2020

BRASIL REGISTRA PRODUÇÃO DE 3,8 BILHÕES DE DÚZIAS DE OVOS


ECONOMIA & NEGÓCIOS - O ano de 2019 do setor pecuário foi marcado por recordes no abate de suínos e na produção de ovos, impulsionados pela demanda da China, que sofre efeitos da peste suína africana. O abate de suínos alcançou 46,33 milhões de cabeças, aumento de 4,5% em relação a 2018,
A alta foi registrada em 20 dos 25 estados pesquisados, enquanto a produção de ovos chegou a 3,83 bilhões de dúzias em 2019, aumento de 6,3% em relação ao ano anterior, com crescimento em 21 dos 26 estados. Outro recorde foi a produção de leite, que atingiu 25,01 bilhões de litros, alta de 2,3% sobre a quantidade registrada em 2018.
Os dados são da Estatística da Produção Pecuária, que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga nesta quinta-feira (19). A pesquisa mostra também que o abate de bovinos cresceu 1,2%, somando 32,44 milhões de cabeças, com expansão em 15 dos 27 estados.
O abate de frangos cresceu 1,9% para 5,81 bilhões de cabeças, após dois anos consecutivos de queda na comparação anual. As altas no abate de frangos foram registradas em 15 dos 25 estados pesquisados.
Em contrapartida, os curtumes tiveram queda de 5% ao registrarem 33,34 milhões de peças inteiras de couro cru bovino, com decréscimo em 11 dos 20 estados que possuem pelo menos um curtume ativo.
pimenta.blog.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário