terça-feira, 17 de março de 2020

Bombeiros já atenderam 366 ocorrências de enxames de abelhas na Grande Natal


O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) atendeu somente no primeiro bimestre (janeiro e fevereiro) de 2020, 366 ocorrências de enxames de insetos em Natal e Região Metropolitana. Os dados foram divulgados pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE), da Secretaria Estadual da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed).
Pensando na segurança da população, a Sessão Independente de Defesa Ambiental (SIDAM), que tem como principal objetivo garantir a segurança do meio ambiente, seja por combate a incêndios florestais, por captura de animais, e outros, recomenda os seguintes cuidados:
- Use roupas claras, pois as escuras atraem abelhas;
- Não grite, pois as abelhas são atraídas por ruídos;
- Evite movimentos bruscos e excessivos quando próximo a colmeias;
- Evite operar qualquer máquina barulhenta próximo a colmeias;
- Afaste os animais domésticos do enxame, qualquer barulho que eles façam, poderá irritá-las e desencadear um ataque;
- Ao se deparar com um enxame de abelhas em deslocamento, abaixe-se e se perceber que será atacado, corra, preferencialmente em ziguezague;
- Ensine as crianças a se precaver e não matar as abelhas;
- Pessoas alérgicas a picada de insetos deve evitar caminhadas em áreas de mata;
- Caso seja alérgico a picadas, pergunte ao seu médico o que fazer;
- Caso alguém seja picado, é importante que faça a remoção imediata dos ferrões, pois eles continuam liberando o veneno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário