terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Ilhéus: Juíza manda devolver objetos apreendidos de ex-vereador Valmir Freitas


A juíza Emanuele Vita Leite Armede, titular da 1ª Vara Crime da Comarca de Ilhéus, determinou a devolução de vários objetos Valmir Freitas do Nascimento, que haviam sido apreendidos durante a megaoperação Chave E, deflagrada no dia 15 de maio do ano passado, pela 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, com apoio do GAECO e Polícia Rodoviária Federal.
A juíza acolheu parcialmente o pedido e liberou os seguintes objetos: 01 celular Samsung, modelo SM, e respectivo carregador do celular; 1 folha de cheque da Caixa Econômica Federal, no valor de R$10.000,00 (dez mil reais); 01 folha de cheque do Banco do Brasil no valor de R$3.500,00 (três mil e quinhentos reais); 01 folha de cheque da Caixa Econômica Federal, no valor de R$2.800,00 (dois mil e oitocentos reais) e 01 folha de cheque da Caixa Econômica Federal, no valor de R$5.300,00 (cinco mil e trezentos reais).
O pedido de devolução das coisas apreendidas foi feito por seus advogados, Kleber Arouca Maciel, Martone Costa Maciel e Sanzio Correa Peixoto. O ex-vereador Valmir Freitas segundo investigação do Ministério Público, é apontado como um dos maiores beneficiários dos esquemas fraudulentos na gestão do ex-presidente da Câmara de Vereadores, Lukas Paiva (PSB), que está foragido, após ter a prisão preventiva decretada no ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário