terça-feira, 7 de janeiro de 2020

Homem que se passava por delegado é preso pela Polícia Civil em Cascavel



A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) prendeu em flagrante, nessa sexta-feira (03), no município de Cascavel, na Área Integrada de Segurança 13 (AIS 13), um homem de 52 anos que se passava por delegado de Polícia e por servidor do Poder Judiciário. Com o infrator, a Polícia Civil apreendeu uma pistola 9 milímetros, dois carregadores, munições, registros falsos de outras armas e outros apetrechos utilizados em suas ações criminosas. A prisão do suspeito ocorreu após investigação da Delegacia Metropolitana de Cascavel.
De acordo com a investigação, o suspeito identificado como Firmino Pereira de Souza (52), com antecedentes criminais por estelionato, porte ilegal de arma de fogo, lesão corporal, dano e ameaça, dizia ser delegado de Polícia e estava ameaçando seus empregados, que seriam caseiros de uma propriedade dele. Diante das informações sobre o paradeiro do homem, os agentes de segurança se deslocaram até um sítio situado na região de Pedro de Souza, no distrito de Caponga.
Chegando ao local apontado, em posse da fotografia do indivíduo e de seu suposto nome, os policiais verificaram a identidade do suspeito, que se apresentou como servidor do Tribunal de Justiça do Ceará. Diante dos fatos foi constatado pelos agentes de segurança que o homem não era Delegado de Polícia e nem servidor da Justiça, e sim, um farsante.
Ainda no decorrer das diligências foi identificado um furto de energia elétrica, motivo pelo qual foi acionada a Enel a fim de realizar a perícia, bem como foi identificado a posse de uma pistola calibre 9 milímetros, com registro em nome de um homônimo que teria morrido em situação ainda não esclarecida. Foram apreendidos também na ação, uma carteira falsa de servidor da Justiça, bem como outros apetrechos como, distintivo e adesivo para capa de colete com o nome de Poder Judiciário, uma algema e diversos metros de cabo de energia de alta tensão furtados da Enel.
Em outra residência do suposto infrator, foram encontrados mais dois carregadores, cápsulas de munição e uma carteira falsa de delegado. Diante dos fatos Firmino foi encaminhado para a Delegacia Metropolitana de Cascavel onde foi atuado por falsa identidade, furto e posse ilegal de arma de fogo. O homem encontra-se à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário