domingo, 26 de janeiro de 2020

Dois são presos após polícia achar mais de 12 mil comprimidos de ecstasy



Dois homens foram presos após policias miliares encontrarem com eles 12,5 mil comprimidos ecstasy avaliados em R$ 700 mil na noite de sábado (25).
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), os suspeitos, durante a abordagem, tentaram subornar os PMs e ofereceram R$ 1,8 mil aos militares para não serem presos.
A droga sintética seria comercializada durante o carnaval de Salvador, e entre outros eventos no mês de fevereiro, informou a SSP-BA.
A polícia detalhou que o flagrante foi iniciado na região do condomínio Parque Júlio César, na Pituba, bairro de classe média de Salvador. Guarnições faziam patrulhamento de rotina quando decidiram abordar um veículo, que segundo a polícia era de luxo, onde estavam dos dois homens. Com a dupla foram encontrados 10 comprimidos de ecstasy.
Após conversa preliminar, eles assumiram que vendiam o entorpecente e ofereceram o suborno aos PMS. Os policias recusaram e seguiram com as perguntas para dupla.
Dessa forma a polícia descobriu que em uma residência, no bairro da Federação, também na capital baiana, os homens guardavam quantidades maiores da droga e localizaram os mais de 12 mil comprimidos de ecstasy.
Também foram encontrados meio quilo de maconha prensada, porções de cocaína, balança, uma máquina de cartões para vendas no débito ou crédito, dois relógios importados, celular, joias e um cartão bancário. O caso foi registrado na Central de Flagrantes.
O oficial acrescentou ainda que as rondas foram ampliadas, na região, seguindo a determinação do Comando de Policiamento Regional (CPR) Atlântico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário