terça-feira, 19 de novembro de 2019

WhatsApp corrigiu vulnerabilidade que permitia invadir o smartphone


Resultado de imagem para smartphone

O WhatsApp veio a público anunciar a correção de uma falha, a qual estava presente nas versões Android e iOS de seu aplicativo.
A vulnerabilidade em questão permitia invadir dispositivos assim que um usuário abrisse um vídeo MP4 específico, o qual fazia uso da capacidade do WhatsApp de reproduzir vídeos em streaming.
Ao The Next Web, o Facebook informou que “não há razão para acreditar que usuários tenham sido afetados” mas, ainda assim, não é conhecida o número de pessoas que estiveram vulneráveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário