quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Preso envolvido em tiroteio que deixou policial militar ferido



Em menos de 24 horas, o Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) elucidou um assalto com troca de tiros, em um estabelecimento comercial, ocorrido na Avenida Tancredo Neves, na manhã de segunda-feira (21). Na ação, dois criminosos e um policial ficaram feridos por disparos de arma de fogo.
Após a autuação em flagrante de Alexandro Santos de Souza, atingido por tiros e socorrido ao Hospital Geral do Estado (HGE), na segunda-feira (21), equipes do DCCP também cumpriram o mandado de prisão temporária de Pablo Lima Nascimento, de 20 anos. Ele foi apresentado durante coletiva de imprensa, na manhã desta quarta-feira (23), na sede da Polícia Civil, na Piedade.
A apresentação foi conduzida pela diretora do DCCP, delegada Maria Selma Lima, e o comandante da 13ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pituba), major PM Elbert Vinhatico. “Com o apoio da PM, conseguimos obter esse resultado. O trabalho conjunto sempre resulta em maior eficiência”, comenta a delegada.
Ainda de acordo com a diretora do DCCP, Pablo chegou a procurar atendimento após ser baleado. “Ele escapou após a troca de tiros e se dirigiu a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do bairro de San Martin. Pablo confessou ter efetuado os disparos contra o PM”, explica.
A dupla é suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas e roubos. Alexandro e Pablo estão à disposição da Justiça e vão passar por audiência de custódia.
Ascom-PC / Tony Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário