sábado, 30 de novembro de 2019

Polícia conduz filho de deputada Flordelis e apreende bens em locais



Por Estadão Conteúdo - O pastor Anderson do Carmo e a deputada Flordelis - Reprodução/Redes sociais

Policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá, municípios fluminenses seguem neste sábado, 30, nas investigações do assassinato do pastor Anderson do Carmo, que era casado com a deputada federal Flordelis. Um dos filhos do casal foi conduzido à delegacia especializada.
Também foram feitas buscas e apreensões foram feitas na casa do chefe de gabinete da deputada, em Niterói, no gabinete funcional de Flordelis, no Rio de Janeiro, e na igreja Ministério Flordelis, no município de São Gonçalo.
Os nomes do filho e do chefe de gabinete não foram revelados pela polícia.
Flordelis e Anderson foram casados por mais de 20 anos, período em que criaram 55 filhos, dos quais 51 adotivos. Alguns dos filhos são investigados como possíveis envolvidos no crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário