quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Juiz manda Neymar pagar R$ 88 milhões para União


O juiz Roberto da Silva Oliveira, da 7ª Vara Federal de Santos, determinou que o atacante Neymar pague uma dívida de R$ 88.148.707,21 com a União ou nomeie bens do seu patrimônio para garantir a execução fiscal. A informação foi publicada inicialmente pelo site Globoesporte.com e confirmada pela Folha.
A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) ingressou com uma ação de execução, em outubro deste ano, contra o atleta. Também inseriu como corresponsáveis o pai dele, Neymar da Silva Santos, e a mãe, Nadine Gonçalves, além das empresas Neymar Sport e Marketing, N&N Consultoria Esportiva e Empresarial e N&N Administração de Bens.
Em 2015, a Receita Federal havia multado em R$ 188 milhões, sob a alegação de que Neymar não declarou em seu imposto de renda R$ 63,6 milhões de 2011 a 2013. Sobre esse valor, incidiram multa e juros. Nesse período, Neymar foi negociado para o Barcelona, que teria pago cerca de 40 milhões de euros a uma empresa. A Receita entendeu como uma manobra e que esse valor deveria ter sido destinado à conta pessoal do atleta. O imposto para pessoa física é de 27,5%, maior do que foi pago na época, 17%, na condição de pessoa jurídica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário