sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Caixa continua com gestão exclusiva do FGTS

Diante da ofensiva do governo federal em querer entregar o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) à iniciativa privada, a Comissão Mista da Medida Provisória N° 889 aprovou com unanimidade a Caixa como única gestora do Fundo. O texto original previa a saída do banco como gestora única.
Sindicatos e entidades que defendem o banco acompanharam as negociações em defesa da Caixa forte para todos os brasileiros. Os prejuízos com a retirada da gestão do banco seriam irreparáveis e atingiria toda a sociedade.
Para proteger a poupança que ajuda muitos trabalhadores brasileiros, foi feito um acordo com a Caixa para reduzir pela metade a taxa de administração de 1%. Na versão final do relatório, foram atendidos os pedidos defendidos pelas entidades, trabalhadores, centrais sindicais e setores da construção civil.
A próxima fase é passar pelos plenários da Câmara Federal, Senado. Em seguida, segue para sanção do presidente. Enquanto isso, o Sindicato continua acompanhando todo o processo, para garantir e guardar a Caixa como patrimônio de todos os brasileiros, fugindo da pulverização proposta pelo governo.(SBBA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário