sábado, 12 de outubro de 2019

SSPDS deflagra operação no Passaré e captura cinco pessoas envolvidas em ações criminosas na região

Entre os capturados, está um suspeito apontado como um dos chefes de uma organização criminosa na região

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) deflagrou, nesta quarta-feira (9), uma operação de cumprimento de mandado de busca e apreensão coletivo, em mais de 600 apartamentos, na comunidade Jardim Castelão II (Babilônia), no bairro Passaré – Área Integrada de Segurança 7 (AIS 7). Cerca de 350 profissionais de segurança das Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Perícia Forense do Estado do Ceará participaram da ofensiva. Cinco pessoas foram capturadas e uma arma de fogo foi apreendida. Uma sexta pessoa foi conduzida ao 16° Distrito Policial (DP), onde foi ouvida e em seguida, foi liberada.


Os trabalhos, que iniciaram nas primeiras horas da manhã e que foram coordenados pela Coordenadoria de Planejamento Operacional (Copol) da Secretaria da Segurança, ocorreram com o objetivo de inibir o tráfico de drogas, bem como a atuação de organizações criminosas. Uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da SSPDS foi deslocada até o local, onde deu apoio às buscas efetuadas pelas equipes.



O secretário da SSPDS, André Costa, esteve na comunidade e conversou com os cidadãos sobre os diversos trabalhos capitaneados, na região, pela Secretaria da Segurança e outras instituições parceiras, desde o ano de 2017. “Só a Polícia não conseguirá essa legitimidade do Estado perante a população. Nós temos parcerias com a Prefeitura de Fortaleza, na realização de obras de urbanização, e isso é fundamental porque dá mais dignidade para as pessoas que aqui vivem. Além de facilitar o trabalho da própria Polícia”, destacou o gestor.

As comunidades do Jardim Castelão II (Babilônia) e Novo Perimetral (Gereba), próximas uma da outra, foram as primeiras a receberem bases fixas do Programa de Proteção Territorial e Gestão de Riscos (Proteger). A ação, que hoje está presente em 29 pontos de Fortaleza, consiste na análise dos territórios e de seus indicadores sociais, seguido de uma correlação desses dados com os homicídios. A partir disso, são traçadas as estratégias de atuação no território em questão.

Em entrevista, André Costa destacou ainda os projetos sociais realizados na região, como a parceria que existe com a Orquestra Filarmônica do Ceará, que ministra aulas semanalmente para crianças e jovens das comunidades. “O que percebemos bastante é a mudança dessa região. É uma área que antigamente havia um conflito muito forte entre grupos criminosos, mas hoje os indicadores vão praticamente a zero. Então o caminho é esse: presença fixa da Polícia e também um trabalho de prevenção e proteção social, e urbanização. Trabalhamos forte para que esse seja um caso de sucesso e de transformação de vidas nesse território. Quero destacar, também, que semanalmente a Orquestra Filarmônica ministra aulas de instrumentos musicais, com a presença do próprio maestro (Gladson Carvalho)”, revela.


Durante as revistas aos imóveis, os policiais prenderam um casal em flagrante em posse de uma pistola calibre .40. O homem, identificado por José Marlon Costa Martins (23), que é apontado como um dos suspeitos de chefiar o tráfico de drogas, na região, foi encontrado em uma residência na Travessa da Esperança. Em depoimento, o homem, que possui passagens pela Polícia por porte ilegal de arma de fogo, roubo e corrupção de menor, afirmou que integrava uma organização criminosa autora de ações criminosas registradas em setembro deste ano, no Ceará.



No local, foi encontrada ainda uma pequena quantidade de maconha, além mil pesos colombianos e cerca de R$ 500. Ainda durante as diligências na comunidade, os policiais encontraram Karolina de Sousa Ávila (20), sem antecedentes criminais, apontada como companheira de Marlon. Ela foi presa com a pistola, quando tentava fugir levando a arma.



Em outros blocos de apartamentos, os policiais encontraram Estelita Alves Moreno Neto (33) – com antecedentes criminais por resistência e lesão corporal dolosa. Ela foi presa em flagrante por tráfico de drogas. Em uma busca na casa da mulher, as equipes encontraram 105 gramas de crack, dinheiro e um aparelho celular.



Um homem foi conduzido ao 16° Distrito Policial, após os agentes de segurança identificarem que ele se tratava de um foragido da Justiça. Jefferson Ribeiro da Silva (29), que também possui antecedente criminal por resistência e desobediência, estava com mandado de prisão em aberto pelo crime de roubo. Ele foi ouvido e agora se encontra à disposição da Justiça.
Uma adolescente de 17 anos, com passagem pela Polícia por roubo, também foi encaminhada à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), após desacatar as equipes policiais. Na unidade policial, foi lavrado um ato infracional por desacato, resistência, ato obsceno e lesão corporal dolosa contra os profissionais de segurança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário