quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Ministério Público abre inquérito contra Silvio Santos, que erra a mão



POR NOCAUTE - O Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), ou Silvio Brincando de Televisão, como é conhecido nos corredores da emissora do dono do baú, não anda numa boa fase. Só esta semana, além de anunciar que haverá uma demissão em massa de funcionários para fechar 2019 no azul, o canal foi alvo de duras críticas por ter colocado no ar um telejornal escatológico no horário nobre e foi alvo de inquérito por ter promovido um concurso de miss infantil com crianças de 7 e 8 anos.
Todos sabem que na TV de Silvio Santos quem manda é ele, só ele, e não tem conversa. Nesta quinta-feira (3), o Ministério Público do Trabalho (MPT) em São Paulo e a Promotoria de Justiça de Osasco (onde está a sede da emissora), resolveram instaurar inquéritos para investigar um concurso de miss infantil apresentado no programa do dono da emissora, no domingo, dia 22.O quadro recebeu inúmeras críticas nas redes sociais e, inclusive, o Instituo de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP) divulgou uma nota de repúdio. “Agora, vocês do auditório, que estão com o aparelhinho de votação, vão ver quem tem as pernas mais bonitas, o colo mais bonito, o rosto mais bonito e o conjunto mais bonito”, disse o apresentador de 89 anos, durante a escolha da vencedora. Segundo a procuradora do MPT, Ana Maria Vila Real, casos como esse merecem a atenção da sociedade “porque as crianças podem estar sujeitas à erotização e sexualização precoces, a situações adultas, a desgastes emocionais, constrangimentos e exposições”.
A Promotoria de Justiça de Osasco também instaurou inquérito civil e requisitou informações à emissora. A investigação está sob sigilo. Quanto a demissão de funcionários, o próprio Silvio brincou, em seu programa, com as dançarinas, afirmando que vai ter cortes e que “vamos medir as coxas de todas, as que tiverem coxas mais finas, vão embora”.
Na mesma semana, Silvio, na surdina, colocou no ar um dos programas mais bizarros da televisão. Silvio trouxe na sua mala, vindo de Miami, o Alarma TV, considerado o telejornal mais violento do mundo, e resolveu colocá-lo no ar, dublado, no horário nobre.
O telejornal, feito nos Estados Unidos para o público hispânico, trata não apenas de casos policialescos, mas escatológicos e bizarros, como uma mulher esfregando as nádegas na câmara. Sem o menor cuidado, a edição made in SBT, foi uma montagem de várias edições, com o pior e mais escandaloso conteúdo possível.
Os apresentadores apareciam com roupas diferentes chamando cada matéria, já que as imagens foram tiradas de edições diferentes. O Alarma TV foi ao ar uma única vez às 19h20, mas Silvio Santos não desistiu da loucura. Programou o Alarma para 10h30 da manhã, antecedendo o Bom dia & Cia, um programa infantil. Loucura pouca é bobagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário