quinta-feira, 12 de setembro de 2019

POLÍCIA CIVIL DE ZÉ DOCA PRENDE ACUSADA, APÓS POSTAR ARMAS DE FOGO EM REDES SOCIAIS




Uma ação de combate à criminalidade por meio da Policia Civil, no município de Zé Doca, ocasionou na prisão da suspeita Maria Layane da Silva alves, conhecida como “Lorinha”20 anos. A sua prisão decorreu por ter sido flagrado com ela, diversas armas de fogo. Foram apreendidas duas garruchas municiadas, uma espingarda com munições intactas e chumbos de grosso.
As informações repassadas pelo Delegado Regional de Zé Doca, o Delegado Jader Alves, as investigações partiram através da 8ª DR de Zé Doca. A ação fora iniciada nesta terça-feira (10), onde no início da tarde, sucedeu na prisão da suspeita. A Layane da Silva alves, a “Lorinha”, fora presa em flagrante delito, pela prática dos crimes de posse de arma de fogo e corrupção de menores. Foram apreendidas em posse da conduzida, duas garruchas municiadas, uma espingarda, munições intactas, chumbos, espoletas e celulares de origem duvidosa.
Ostentando armas de fogo e munições - O delegado Jader Alves ressaltou, que no momento da prisão dela, ocorrida na Rua Antônio Maria, no Bairro Vila Nova, estava na residência da conduzida, um menor de 16 anos. O delegado regional ressaltou ainda, que a prisão da acusada, fora por conta, que Layane da Silva, aparecia, nas redes sociais, ostentando as armas de fogo. Ela postava as fotos, em posições acintosas e fazendo alusão a facções criminosas. Após a sua prisão, ela fora encaminhada para o Sistema Prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça, onde poderá responder pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.
SSP-Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário