quinta-feira, 12 de setembro de 2019

DCCP desarticula quadrilha e prende latrocidas de dentista


Policiais do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) desarticularam uma quadrilha responsável por roubos a estabelecimentos comerciais e veículos, em Salvador. Três integrantes tiveram mandados de prisão temporária cumpridos, nesta quarta-feira (11).
Foram presos no bairro de Cosme de Farias, Perivaldo dos Reis Filho, o “Sílas”, de 26 anos, e Jeferson Conceição dos Santos, o “Dobi”, 32, ambos responsáveis pelo latrocínio da dentista Rita de Cássia de Guedes Fernandes, ocorrido no bairro do IAPI, em junho deste ano.
Já Valdo Costa Sena, o “Binho”, 30, foi preso na zona rural do município de Coração de Maria. Além de integrar a quadrilha, ele é suspeito de roubos naquele município.
O trio foi apresentado pela diretora do Departamento de Crime Contra o Patrimônio (DCCP), delegada Maria Selma Lima, e pela delegada Glória Isabel Santos, também do Departamento, durante entrevista coletiva, na sede da Polícia Civil, na Piedade.
Conforme a diretora do DCCP, outros integrantes da quadrilha já estão presos. “Deivison Vinícius Carvalho, líder do grupo, está no sistema prisional desde o início de agosto, pela autoria do roubo de um veículo. Com essa quadrilha desarticulada, o latrocínio está elucidado”, explica.
Paulo Souza Maia, preso desde julho, também tem envolvimento na morte da dentista. “Ele foi preso no início de julho por nossas equipes. Paulo dirigia o veículo para os comparsas cometerem os crimes, inclusive o roubo seguido de morte da dentista”, ressaltou. Todos os presos seguem disposição da Justiça.
Tony Silva/Ascom-PC

Nenhum comentário:

Postar um comentário