quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Procurado por tentar matar ex-companheira e filhas é capturado pela Polícia Civil em Cariús


A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio de diligência que reuniu equipes das delegacias Regional de Iguatu e Municipal de Jucás, capturou um homem foragido da Justiça, na noite da segunda-feira (29), em um sítio localizado no município de Cariús, na Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21). Francisco Lourenço Pereira (52) é apontado como autor da tentativa de homicídio contra a ex-companheira e de duas filhas, no ano de 2013, em Fortaleza. Segundo investigações, o homem tentou atear fogo nas vítimas. Francisco Lourenço estava com mandado de prisão preventiva em aberto pelo crime.
Ao tomar conhecimento do fato de que o foragido estaria residindo em uma localidade do município de Cariús, os policiais civis levantaram informações do paradeiro do homem e realizaram diligências para capturá-lo. Ele foi encontrado e preso em um sítio, onde não resistiu à prisão. O foragido, que já tinha passagem por estupro, foi conduzido para a sede da Delegacia Regional de Iguatu, onde os procedimentos para o cumprimento do mandado de prisão em desfavor dele foram lavrados.
O crime

Francisco Lourenço Pereira foi indiciado após a conclusão do inquérito policial que apurava a tentativa de homicídio contra a ex-companheira e as filhas, no dia 14 de maio de 2013, no bairro Couto Fernandes, em Fortaleza. Segundo a apuração policial, o homem invadiu a casa, onde as vítimas estavam, com um galão de gasolina e um facão. Após proferir ameaças, Francisco jogou gasolina no chão e em direção da ex e das filhas. Com a chegada da Polícia Militar, houve negociação, e o homem se entregou às autoridades. Preso, Francisco Lourenço Pereira vai responder pelos crimes de homicídio qualificado e cárcere privado.
À época do crime, o homem foi preso em flagrante e liberado para responder em liberdade, após exceder o prazo da prisão. Em contrapartida, Francisco Lourenço Pereira descumpriu a medida judicial que o obrigava a comparecer ao fórum e assinar o termo de comparecimento. Pela infração, o Poder Judiciário expediu um mandado de prisão contra o infrator.

Nenhum comentário:

Postar um comentário