quarta-feira, 31 de julho de 2019

Janaína Paschoal pede o impeachment do presidente do Supremo


Janaína pediu o afastamento de Toffoli. (Foto: Evaristo Sá/AFP/Getty Images)Mais

Redação Notícias - Yahoo Notícias - A deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP) protocolou no Senado, nesta terça-feira (30), um pedido de impeachment contra o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli.
A argumentação de Janaína foi motivada pela decisão dele em suspender as investigações com base em relatórios do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) sem autorização do Judiciário. As informações são do blog BR-18, do jornal O Estado de São Paulo.
Janaína foi co-autora do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, que resultou no afastamento dela.
Segundo o jornal, a argumentação de Janaína para o pedido de impeachment contra Toffoli foi de que a decisão contraria a Constituição e o próprio plenário do STF. “Tal decisão monocrática, além de contrariar a Constituição Federal e diversas leis, trouxe contrariedade ao que foi estabelecido pelo Plenário do STF”, afirma o texto.
O pedido também é assinado pelo grupo MP Pró-Sociedade, de apoio a procuradores do Ministério Público. Em seu perfil no Twitter, o coletivo diz ser “uma associação de membros do MP brasileiro, com perfil conservador, voltada a difundir e a promover a Ordem, a Liberdade e a Justiça como valores sociais fundamentais”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário