sexta-feira, 17 de maio de 2019

Itagibá: Homem é condenado a 16 anos de prisão por crime de feminicídio


O Tribunal do Júri de Itagibá condenou, no dia 15, Orlando Santana a 16 anos de prisão por feminicídio cometido contra a ex-companheira Jailza Gomes Pereira. A denúncia do Ministério Público estadual, oferecida pela promotora de Justiça Susila Machado, foi sustentada pelo promotor de Justiça Luciano Santana Borges. A sentença foi proferida pelo juiz Valnei Mota Alves de Souza.
Conforme a denúncia do MP, acatada pelo Júri, o crime aconteceu no dia 3 de abril de 2017, no município de Itagibá, próximo à barragem de água, aos fundos do Parque do Vaqueiro. A vítima foi asfixiada e espancada até a morte, após procurar por Orlando Santana para cobrar-lhe o pagamento da pensão alimentícia. Jailza Pereira mãe de duas filhas, uma delas do condenado, de apenas três meses à época. *As informações são do MP-BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário