domingo, 3 de março de 2019

Fabio Schvartsman pede afastamento da presidência da Vale


O presidente da Vale, Fabio Schvartsman, se afastou neste sábado (2) do comando da empresa. O afastamento, recomendado pela força tarefa que investiga o rompimento da barragem de Brumadinho (MG), foi aprovado pelo conselho de administração da companhia. Outros 13 empregados da mineradora também tiveram o afastamento recomendado.
Em carta endereçada ao Conselho de Administração da Vale, Schvartsman pediu o afastamento temporário das funções "em benefício da continuidade das operações da companhia e do apoio às vítimas e a suas famílias". Quem assume interinamente a presidência da Vale é o diretor-executivo Eduardo Bartolomeo.
A empresa disse, em nota, que seu "Conselho de Administração permanece em prontidão, na busca de um relacionamento transparente e produtivo com as autoridades brasileiras visando o esclarecimento dos fatos, a reparação apropriada dos danos e a integridade da empresa e que manterá a sociedade e os mercados informados sobre qualquer fato novo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário