segunda-feira, 18 de março de 2019

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO Bradesco não concede folga assiduidade

Uma das últimas conquistas dos bancários da rede privada foi a folga assiduidade. Contudo, tomamos conhecimento que nas agências de pequeno porte, tal direito tem sido descumprido pela alegação dos administradores que, diante de um quadro reduzido, não tem como conceder o benefício. Um flagrante desrespeito à Convenção, que tem força de lei.
Abaixo, transcrevemos a Cláusula 24 – FOLGA ASSIDUIDADE, da CCT:
Os bancos concederão 1 (um) dia de ausência remunerada, a título de folga assiduidade, ao empregado em efetivo exercício na data da assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho e que não tenha nenhuma falta injustificada ao trabalho nos seguintes períodos:
a) Fruição de 1º.03.2018 a 31.08.2019, relativamente à frequência de 1º09.2017 a 31.08.2018; e
b) Fruição de 1º.03.2019 a 31.08.2020, relativamente à frequência de 1º09.2018 a 31.08.2019;
Parágrafo primeiro – Para gozo do benefício, o empregado deverá ter, no mínimo, 12 (doze) meses de vínculo empregatício com o banco.
Parágrafo segundo – O dia de fruição nos períodos previstos nesta clausula será definido pelo gestor em conjunto com o empregado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário