terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Morre o ex jogador itabunense, Danielzão, aos 83 anos


Morreu na madrugada desta terça-feira (12), no bairro Conceição, após sofre um AVC, o jogador de futebol aposentado, Daniel Souza Neto (Danielzão), 83 anos,, pai dos atletas Danielzinho e do treinador campeão do Campeonato Intermunicipal, Beto Oliveira, que defendeu o Itabuna Esporte Clube e vários outros times pelo país.
Danielzão no campo de futebol era um centroavante artilheiro que chamava a atenção da torcida devido ao seu grande porte físico. Jogando pelo Flamengo amador na Desportiva Itabunense. Era considerado um tombador!. O Flamengo, na época, com o jogador Piaba, Gajé e os irmãos Rielas, que era uma grande agremiação, ao lado do Janízaro, do zagueiro Itajaí e do centroavante Pinga... E do Fluminense, do saudoso zagueiro Santinho, Ronaldo, etc. Nos anos 60/70, Danielzão chegou a defender por várias vezes a seleção itabunense hexacampeã da Bahia.
O ex-atleta Itajaí, que na realidade, hoje, é o empresário da indústria de Laticínio Boa Hora, era uma zagueiro que baixava o sarrafo; de pegada dura, como dizia naquela época (do pescoço para baixo não respeitava ninguém), mas em sua última visita ao amigo, hoje, nos disse que Danielzão, ele nunca quis bater, pois se tratava de um grande centroavante que só visava à bola.
O corpo do grande atleta itabunense, Daniel Souza, Danielzão está sendo velado no SAF, na rua Juca Leão, em frente ao Grapiúna Tênis Clube, e o seu sepultamento acontecerá às 16 horas, desta terça, no cemitério do Campo Santo da Santa Casa de Misericórdia, em Itabuna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário