quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Polícia Civil identifica e apreende adolescentes que cometeram diversos furtos



BATAGUASSU (MS): A Polícia Civil de Bataguassu conseguiu elucidar uma onde furtos, a partir de invasões em residências e comércios na cidade, que teve início em agosto de 2018. Conforme restou apurado, os furtos foram praticados por um grupo de adolescentes infratores, com vasta passagem por atos infracionais análogos a crimes em suas fichas. Daquele período até a apreensão dos autores, 13 furtos haviam sido registrados.
A investigação demonstrou que a forma como as ações foram praticadas eram sempre muito similares. Os jovens desligavam os padrões de energia dos locais que adentrariam e arrombavam portas e janelas.
Já no mês de setembro, logo após a prática dos primeiros furtos, a Polícia Civil de Bataguassu representou pela internação provisória dos adolescentes envolvidos, tendo o Ministério Público se manifestado a favor e o Judiciário decretado as internações, sendo que os adolescentes foram apreendidos temporariamente na Delegacia de Polícia cinco dias.
Depois disso, outros adolescentes aderiram a conduta de praticar furtos, os quais também foram apreendidos por apreensões em flagrantes realizadas pela Polícia Civil e Polícia Militar.
Também foi identificada a participação de um jovem que praticava os furtos e continuou atuando em companhia dos demais comparsas após ter atingido a maioridade e continuou a praticar furtos.
Um dos adolescentes envolvidos, após atuação das Polícias Civil e Militar, foi internado provisoriamente na Unei de Três Lagoas, onde encontra-se desde novembro.
No último final de semana (19 e 20 de janeiro), mais dois adolescentes envolvidos foram apreendidos após representação da Polícia Civil e decretação de internação provisória por parte do Poder Judiciário. Eles foram devidamente encaminhados para UNEI’s do Estado do Mato Grosso do Sul. Um quarto adolescente envolvido em furtos também foi apreendido no início desta semana em internação provisória.
As Policiais Civil e Militar conseguiram recuperar diversos bens e valores subtraídos pelos adolescentes e devolver para às vítimas, assim como uma motocicleta Honda/CG 150 apreendida em posse do maior preso preventivamente na investigação de furto ocorrido em um dos estabelecimento comerciais que, conforme apurado, foi adquirida com valores obtidos do furto em questão.
A Polícia Civil continua em diligência para identificação de eventuais outros participantes e receptadores dos bens subtraídos para também responsabilizá-los por suas condutas delituosas.
CARLOS EDUARDO ORÁCIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário