segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Quebra de medidas protetivas leva ex-marido de vereadora para a cadeia em Ribas do Rio Pardo



RIBAS DO RIO PARDO (MS) – No fim da tarde da última quinta-feira (13), L.T.M 38 anos, foi preso por descumprimento de medidas protetivas de urgência, previstas na Lei Maria da Penha, em Ribas do Rio Pardo. O autor é ex-marido de uma vereadora da mesma cidade.
Entenda o caso:
Após desentendimentos, envolvendo o ex-marido, a vereadora foi amparada com medidas protetivas, medidas essas, que o proibiam de se aproximar da mesma, ou qualquer outro familiar.
Denúncia e prisão:
De acordo com o delegado Dr. Bruno Sancatharina, na tarde da ultima quinta-feira (13), a vereadora registrou boletim de ocorrência, comunicando que o ex havia infringido a lei, indo até a casa do seu pai, um senhor de 70 anos, para convencê-lo de revogar procurações em favor da mesma, com a alegação de que a vereadora iria dilapidar o patrimônio familiar e posteriormente o colocaria em um asilo, fatos que comprovaram a quebra da medida protetiva.
Ainda de acordo com informações, o acusado teria novamente infringido a lei, enviando advogados para que acompanhassem o pai da vereadora ao cartório a fim de suspender tais procurações.
Diante da denúncia, a Polícia Civil saiu em diligência, localizando o acusado no seu trabalho. O autor foi encaminhado à delegacia, onde o delegado efetuou o flagrante, e solicitou a conversão para prisão preventiva, uma vez que, o autor possui antecedentes por crimes envolvendo violência e/ou grave ameaça.
A Juíza substituta, Dra. Camila De Melo Mattioli Gusmao Serra Figueiredo, acatou a solicitação do delegado, sendo assim, o acusado permanecerá preso por tempo indeterminado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário