quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Polícia Civil prende quarto suspeito de cometer duplo homicídio na AIS 7



Uma ação realizada nessa segunda-feira (19) pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio de agentes do 13º Distrito Policial (DP), resultou na prisão de um homem apontado como um dos envolvidos em um duplo homicídio, crime este registrado em novembro do ano passado. Nicolas Gabriel Carvalho da Silva (18), também conhecido como “Biel”, foi o último de quatro indivíduos suspeitos de cometerem a ação criminosa, no bairro Jardim das Oliveiras, Área Integrada de Segurança 7 (AIS 7), e que vitimou Francisca Josiane da Silva (16) e Francisco Valdenizio da Silva Sousa (22). Durante o trabalho policial também foi detida uma mulher de 19 anos e foram apreendidas armas de fogo e drogas, além de outros materiais ilícitos.
Após uma denúncia anônima, os agentes de segurança foram em direção a um imóvel situado na Rua Nereu Barreira, local onde o Nicolas estaria escondido. Ao chegar ao endereço citado pelo denunciante, a equipe da distrital se identificou, momento este em que os policiais escutaram um barulho vindo do interior da casa, como se alguém estivesse mexendo nas telhas.

Os policiais deram continuidade à ofensiva e ainda pelo lado externo da residência avistaram o suspeito, já com a metade do corpo saindo pelo telhado. Nicolas portava um revólver calibre 38. Ele recebeu voz de prisão. Os agentes entraram na casa, onde encontraram uma mulher identificada como Yanka Larissa da Silva Ferreira Menezes (19). Ela tentava impedir o ingresso dos inspetores da PCCE no imóvel. Foi realizada vistoria no local e foram localizadas uma pistola .40, municiada com 04 munições; uma sacola de cor preta contendo drogas; uma balança de precisão e a R$ 276,00 em espécie.
O casal foi levado para o 13º DP, onde Nicolas foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. Ele foi colocado à disposição da Justiça, para responder também pelo duplo homicídio ocorrido há um ano. Já Yanka, que não possuía antecedentes criminais, foi autuada em flagrante por tráfico de drogas.


Outras prisões
Anteriormente, a Polícia Civil já havia efetuado as prisões de outros três partícipes dos crimes cometidos contra Francisca Josiane da Silva e Francisco Valdenizio da Silva Sousa. Em março deste ano, os policiais do 13º prenderam Luis Felipe Marques Lima (19), que já respondia por tráfico de drogas e latrocínio; e Lucas Barreto de Freitas (23), que tinha passagem por tráfico de drogas. Já em outubro, os agentes de segurança detiveram Francisco Adriano da Silva (22), o “Zói, que já tinha sido preso anteriormente por homicídio e dano.

O caso
O duplo homicídio contra Francisca Josiane e Francisco Valdenizio aconteceu no dia 7 de novembro de 2017, no bairro Jardim das Oliveiras (AIS 7). Os dois foram mortos a tiros, nas proximidades de uma área de mangue. Além deles, uma terceira pessoa também chegou a ser agredida pelos criminosos, mas conseguiu escapar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário