terça-feira, 27 de novembro de 2018

Mudanças preparam Aeroporto Jorge Amado para receber aumento da demanda no verão

O prefeito Mário Alexandre vem acompanhando as ações realizadas para melhoria interna e externa no aeroporto Jorge Amado, cuja administração está a cargo da SPE-Concessionária, consórcio criado pela empresa Socicam para administrar o equipamento. Segundo o novo gerente do aeroporto, Marco Antônio, os passageiros já podem desfrutar de espaço ampliado nas salas de embarque e desembarque.

O gestor do aeroporto adianta que chegarão nos próximos dias os equipamentos de refrigeração para adequar serviços de climatização nos banheiros. Também confirma o avanço das negociações com as companhias aéreas para o aumento da oferta dos voos, incluindo os noturnos, a fim de atender a demanda do verão e devolver a Ilhéus as linhas desativadas.
Segundo Marco Antônio, as maiores intervenções no local serão realizadas a partir do quarto mês de administração do aeroporto. Entre elas, estão incluídos o recapeamento de pista e aumento dos pátios de estacionamento para aeronaves e de veículos, expansão do estacionamento, ampliação dos pátios de decolagem e aterrissagem da viação regular e depois o pátio da aviação geral, além da adequação da sinalização horizontal.

Intervenções - No último dia 13, o prefeito reuniu-se com o gerente Marco Antônio e o diretor-presidente da SPE-Concessionária, Claudio Gomes, para conhecer os planos de expansão da empresa. No encontro, os empresários solicitaram à Prefeitura intervenções no tráfego de veículos nas áreas adjacentes ao aeroporto e soluções para o excesso de interferências no entorno da pista de decolagem e aterrissagem, como antenas e prédios construídos em locais inadequados.

Para o prefeito Mário Alexandre, é uma prioridade da administração municipal transformar o aeroporto de Ilhéus em um dos mais bem equipados do país. “Ilhéus é um dos destinos turísticos mais procurados por turistas de todo o mundo, a cidade merece a melhor infraestrutura para atender os visitantes e moradores”, destaca.



De acordo a Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia, o Aeroporto Jorge Amado recebe, em média, 700 mil passageiros por ano e opera com vôos regulares, sendo o principal terminal do interior do estado. A concessão prevê investimento de R$ 100 milhões ao longo do prazo de 30 anos de contrato, para realização de serviços, sendo 30 milhões de reais nos primeiros cinco anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário