segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Jairo Araújo detona Coronel Santana: Contra os desmandos, as perseguições e o atraso de salários

Repudiamos as atitudes do senhor Gilberto Santana, secretário da Sesttran (Secretaria de Segurança Transporte e Trânsito), que tem se notabilizado pelas perseguições e prática de assédio moral, principalmente contra os agentes de trânsito. Da mesma forma, repudiamos os constantes atrasos de salários.
Desde que assumiu a referida secretaria, Santana adotou uma política de perseguição e maus tratos aos servidores, com direito a humilhações e xingamentos que a boa educação impedem que sejam reproduzidos neste documento. Encarcerou servidores que reivindicaram o pagamento de salários atrasados. Declara para quem quiser ouvir que vai “destruir” os servidores, que, na sua opinião, não são merecedores dos salários que percebem. O secretário assedia moralmente ao afirmar que “quem não quiser trabalhar que peça demissão”, estabelecendo um clima de terror no ambiente de trabalho.
Recentemente Santana mudou a escala dos agentes de trânsito, colocando-os para atuar em bairros como Fernando Gomes, Maria Pinheiro, Urbis IV e Jorge Amado, onde sequer há pavimentação, sinalização ou fluxo de carros. A impressão que fica é que o secretário tenciona pôr a vida destes trabalhadores em risco.
Para reafirmar sua perversidade, o Coronel cortou a produtividade dos agentes de trânsito, fazendo com que seus salários praticamente caíssem pela metade. Descontou os dias de quem participou de manifestações, paralisações ou greve promovidas pelo Sindserv.
Cresce o número de servidores que apresentam atestados médicos com diagnóstico de problemas psiquiátricos. Alguns já estão afastados pelo INSS.
O Sindserv (Sindicato dos Servidores Municipais) já denunciou todas estas irregularidades aos órgãos competentes, como Ministério Público do Trabalho, Ministério Público Estadual e Câmara de Vereadores. Também procurou interlocução com o prefeito Fernando Gomes, com a secretária de Governo, Maria Alice Pereira, com o secretário de Administração, Dinailson Oliveira, com o Procurador Geral município Luiz Fernando Guarniere, e até mesmo com o bispo da Diocese de Itabuna, Dom Carlos Alberto dos Santos. Mas nenhuma providência foi tomada até o momento e o Coronel Santana segue perseguindo e maltratando os servidores da Sesttran.
Estamos preocupados com estes servidores. Por isso, cobramos (novamente) do prefeito Fernando Gomes uma atitude urgente em relação ao que está ocorrendo na Sesttran.
https://www.youtube.com/watch?v=SCz2mQ3xTJs

Nenhum comentário:

Postar um comentário