sábado, 3 de novembro de 2018

DHPP busca últimos dois envolvidos na morte do cabo Gonzaga







Os dois últimos envolvidos na morte do cabo Gustavo Gonzaga da Silva, 44 anos, ocorrida em junho deste ano, no Nordeste de Amaralina, são procurados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). William Santos Santana, o 'Chokito', também envolvido no assassinato foi apresentado nesta quinta-feira (1). O traficante foi localizado no dia 25 de outubro, na cidade de Eunápolis.
No total, cinco criminosos integrantes de uma facção que atua no Nordeste de Amaralina participaram da morte do PM, no dia 6 de junho. Os primeiros autores localizados foram Pablo Azevedo Vieira Santos, 25 anos, o 'Marão', e Mateus Rafael Passos dos Santos, 23, o 'Friza', no dia 12 de julho. Ambos estavam na localidade de Jauá, município de Camaçari. Eles reagiram e acabaram mortos em confronto.
Em seguida, no dia 6 de setembro, um dos líderes da facção e autor de pelo menos 25 assassinatos, Antônio Caíque Santos Correia acabou encontrado, na cidade de São Paulo. O criminoso era o responsável também pela distribuição de armas e drogas para quadrilha.
Já no mês de outubro, no dia 25, em uma abordagem de rotina, a PM, em Eunápolis, encontrou William Santos Santana, o 'Chokito'. Com mandado de prisão ele foi detido e trazido para Salvador. Ainda na mesma cidade, equipes do DHPP e da 23ª Coorpin entraram em confronto com Cléber Costa Soares, o 'Keka'. Mesmo socorrido, não resistiu aos ferimentos.
Ao longo das ações de inteligência, diligências e confrontos, três pistolas (duas calibre 380 e uma calibre 40) foram apreendidas. O coordenador da Força-Tarefa que investiga morte de policiais, delegado Odair Carneiro, informou que o trabalho continua buscando capturar Emerson dos Santos, o 'Leno', e um adolescente de 17 anos. "Não vamos parar até chegarmos em todos. É uma questão de honra", concluiu Odair.
Ascom-SSP

Nenhum comentário:

Postar um comentário