segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Orquestra Sisaleira realiza concerto e exposição fotográfica em Retirolândia

A primeira orquestra formada por instrumentos construídos com Sisal está em turnê pelo território com apresentações gratuitas. No dia 03 de outubro, a partir das 19h30, acontecerá um concerto no Centro de Educação Santo Antônio (CESA), na cidade de Retirolândia. Com repertório musical autoral, os músicos apresentam a cultura sisaleira nas composições, valorizando e difundindo a história do seu povo. Junto à realização de cada concerto, será montada uma exposição fotográfica que retrata a cultura, a paisagem e a vida do homem sisaleiro.
Os concertos musicais desta turnê serão realizados em espaços culturais de acesso gratuito ao público como, tais como centros culturais, teatros, escolas ou repartições públicas. O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda.
O projeto teve início através de oficinas de luteria (arte de construção de instrumentos musicais), de foram construídos violões, rabecas, cavaquinhos, ukulelês e violinhas, todos com a madeira do sisal. Ao todo serão dez cidades contempladas com a circulação de concertos da Orquestra Sisaleira e uma exposição fotográfica: Cultura, Paisagem e Vida no Sisal, através do fotógrafo Robson Di Almeida, totalizando 50% de todo Território do Sisal.
O Som do Sisal - É um laboratório de investigação técnica e sonora da cultura sisaleira criado em pleno sertão baiano, no município de Conceição do Coité. Iniciado em 2012, com o coordenador artístico da Orquestra Santo Antônio, Josevaldo Nim, e o estudante de luteria, Webson Santana, com a construção de instrumentos musicais com sisal, inspirados na violinha de Buriti que é encontrada do povoado de Mumbuca, cidade de Jalapão, Tocantins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário