sábado, 20 de outubro de 2018

A UFRJ RECUSA ASSISTÊNCIA A ALUNO VÍTIMA DE INCÊNDIO - ASSINE PETIÇÃO


No dia 02 de agosto de 2017, o Bloco B do Alojamento Estudantil da Universidade Federal do Rio de Janeiro sofreu um incêndio, deixando nesta tragédia centenas de estudantes sem suas casas, dezenas de estudantes tiveram seus pertences destruídos pelo fogo ou pela água e, além disso, algumas pessoas ficaram feridas no incidente.
O estudante de Licenciatura em Dança Andrew Moura de Aguiar ficou gravemente ferido devido ao incêndio, ao tentar se salvar saindo da janela de seu quarto tomado pela fumaça, teve uma queda do terceiro andar se ferindo gravemente com uma fratura exposta na sua perna esquerda. Ele foi socorrido e levado ao Hospital Evandro Freire, onde ficou internado por mais de um mês e passou por cirurgias, incluindo a inserção de pinos para a recuperação de sua Tíbia e Fíbula.
Apesar de ter recebido uma mínima assistência da Universidade diante de sua grave situação, a UFRJ não se responsabilizou devidamente pelo caso e não deu a devida assistência nas variadas implicações deste acidente. Sendo estudante de dança, professor e dançarino, Andrew teve sua vida totalmente prejudicada por este acidente e foi e tem sido negligenciado pela UFRJ em muitas assistências como a psicológica, assistência de enfermagem, assistência com custos de medicamentos e materiais de enfermagem para seu tratamento e assistência com mobilidade e transporte.
Hoje, em setembro de 2018, passado mais de um ano do acidente, Andrew continua tentando se recuperar da fratura. Ele continua com os pinos na perna, estando sujeito a dores fortes, dificuldade de mobilidade e, ainda, impossibilitado de retomar seus estudos e profissão. Neste momento, Andrew precisa passar por mais uma cirurgia, o mais rápido possível, fazendo um enxerto para a recuperação de sua fíbula, podendo se recuperar totalmente e retirar os pinos. Porém, tem tido dificuldades em conseguir realizar a cirurgia devido à demora e o déficit dos sistemas públicos de saúde.
O DCE UFRJ Mario Prata, por meio deste abaixo assinado, vem exigir da Universidade Federal do Rio de Janeiro que se responsabilize para a total, mais rápida e eficiente recuperação do estudante Andrew, o que implica a realização imediata da cirurgia de enxerto, disponibilização de toda a assistência médica necessária, atendimento psicológico, custeio das despesas com medicamentos e insumos de curativo, atendimento fisioterapêutico e um carro para assistir na sua locomoção.
Clique para assinar
Abaixo-assinado por DCE UFRJ Mário Prata Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário