quarta-feira, 17 de outubro de 2018

CE - Polícia Civil e Guarda Municipal solucionam caso de desaparecimento de criança de 10 anos



A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da 12ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e a Guarda Municipal de Fortaleza, por meio da Inspetoria dos Terminais (Iterm), solucionaram o caso de uma criança de 10 anos, que estava desaparecida desde a sexta-feira passada (12). O garoto foi encontrado, na manhã desta segunda-feira (15), no Terminal de Integração do Siqueira, após três dias de buscas. O desfecho do caso foi apresentado, nesta terça-feira (16), na sede do DHPP, no bairro de Fátima.
Por quase três dias sem fazer contato, os pais de garoto de 10 anos finalmente puderam respirar aliviados com o aparecimento dele. Ontem (15), durante as buscas pelo menino, guardas municipais lotados na Inspetoria dos Terminais (Iterm) localizaram a criança no terminal do Siqueira. A comunicação foi feita à 12ª Delegacia do DHPP, unidade responsável pelas apurações desse tipo de ocorrência. A mãe da criança acompanhava as diligências com os policiais civis quando recebeu a informação de que uma criança com o perfil do menino estava sob os cuidados dos guardas municipais, no terminal.Além das buscas contínuas das equipes do expediente ordinário e do plantão do DHPP e da Guarda Municipal, o trabalho contou com apoio do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) e de informações verificadas com a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) da Polícia Civil, o Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), atores da municipalidade, hospitais, abrigos na Capital e da população, que se engajou na procura pelo garoto, compartilhando a foto e informações da criança em redes sociais e em aplicativos de troca de mensagens instantâneas. Cada nova informação era apurada e checada visando localizar a criança.
Conforme levantamentos iniciais, no feriado do dia 12, o menino estava brincando nas imediações da residência do pai, no bairro Centro – Área Integrada de Segurança 4 (AIS 4), quando desapareceu. O pai da criança registrou um Boletim de Ocorrência durante o plantão do 2º Distrito Policial, no dia 13 de outubro. Desde então, as buscas pelo paradeiro da criança foram intensificadas. Em paralelo, a Polícia Civil reunia informações com testemunhas visando identificar o percurso que a criança fez no dia do desaparecimento. A 12ª Delegacia segue apurando as circunstâncias do desaparecimento.

Delegacia especializada em pessoas desaparecidas
A Polícia Civil orienta a população a procurar a 12ª Delegacia do DHPP para formalizar os casos de pessoas desaparecidas de imediato, sem necessidade de aguardar um prazo mínimo para a comunicação. Para isso, é necessário que o denunciante compareça a qualquer delegacia, com foto, e forneça o máximo de informações possíveis da pessoa desaparecida. A população também pode colaborar com o trabalho policial ligando para o número (85) 3257-4807 ou para o número (85) 9111-7498, o WhatsApp do DHPP, para onde podem ser enviadas fotos, áudios e vídeos. Não é necessário se identificar. O sigilo da fonte é garantido.

Serviço 12ª Delegacia do DHPP

Nenhum comentário:

Postar um comentário