segunda-feira, 6 de novembro de 2017

PREFEITURA DE URUÇUCA DIVULGA QUEDA BRUSCA DE ARRECADAÇÃO

Comparado com o exercício de 2016, referente ao mesmo período de 2017, leia-se de janeiro a outubro, tivemos uma queda na receita total, de quase 6 milhões de reais, o que corresponde a aproximadamente 2 meses de arrecadação, no ano de 2017. Visto que a média mensal de repasse gira em torno de 3 milhões. Ademais as despesas não acompanharam a queda na receita, pelo contrário, cresceram em proporções muito maiores.
Em 2016, o salário mínimo, por exemplo, era de R$880,00 (Oitocentos e oitenta reais), hoje é de R$937,00 (Novecentos e trinta e sete). O piso nacional do magistério, era de R$2.135,64 (Dois mil, cento e trinta e cinco reais e sessenta e quatro centavos), hoje é de R$2.298,80 (Dois mil, duzentos e noventa e oito reais e oitenta centavos). Além destas, outras despesas aumentaram, tais como o preço do litro de combustível, as tarifas nas contas de água, de luz e de telefone, etc.
Ainda assim, diferentes de alguns municípios em situações parecidas que já fecharam equipamentos à população, por conta da impossibilidade de mantê-los. E, com todos esses entraves, o Prefeito Moacyr sabe a responsabilidade que tem com o povo de nossa cidade e a importância de se oferecer serviços básicos essenciais aos nossos cidadãos, como saúde, educação e serviços sociais, mantendo-os em pleno funcionamento para atender a todos os munícipes.
Outra prioridade do Prefeito é permanecer com a folha de pagamento rigorosamente em dia, em respeito a todos os nossos colaboradores.
Segue abaixo um quadro comparativo das receitas, nos dois exercícios 2016/2017, evidenciando, de forma mais clara a real situação do município Uruçuquense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário