segunda-feira, 1 de junho de 2020

Datafolha: 72% discordam da frase de Bolsonaro sobre dar armas para população


Segundo pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (31), a população brasileira rejeita amplamente o argumento do presidente Jair Bolsonaro de que é preciso armar as pessoas para que não sejam escravizadas por governantes.
O levantamento aponta que 72% dos entrevistados discordam do que disse Bolsonaro. Apenas 24% estão de acordo com a declaração, enquanto 2% não concordam nem discordam e outros 2% não souberam responder.
A pesquisa foi realizada por telefone, nos dias 25 e 26 de maio, e ouviu 2.069 entrevistados. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

Três são presos em operação da Polícia Civil da Bahia contra empresa que deixou de entregar respiradores a estados do Nordeste



Três pessoas foram presas na manhã desta segunda-feira (1º) durante uma operação da Polícia Civil da Bahia contra a empresa que vendeu e não entregou respiradores ao Consórcio do Nordeste. Além das prisões, a operação Ragnarok cumpre 15 mandados de busca e apreensão em Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.
De acordo com a polícia foram cumpridos dois mandados de prisão temporária em um hotel e dois de busca e apreensão em um residencial do Distrito Federal. A outra prisão ocorreu no Rio de Janeiro. Os presos devem ser trazidos para a Bahia ainda nesta segunda-feira.
A polícia informou que o grupo alvo da ação é especializado em estelionato, através de fraude na venda de equipamentos hospitalares. Conforme apontam as investigações, a empresa recebeu R$ 48 milhões por um conjunto de respiradores, não os entregou e ainda não devolveu o recurso.
O grupo foi descoberto após denúncia do Consórcio Nordeste, que tentou adquirir respiradores para o combate ao coronavírus. A empresa alvo da ação se apresentava como revendedor dos produtos.
Ainda segundo as investigações, a empresa tentou negociar de forma fraudulenta com vários setores no país, entre eles os Hospitais de Campanha e de Base do Exército, ambos em Brasília.

Cheiro de morto, sexo com menor e amor pensando em filho de cantora: Eduardo Costa explode e Leonardo aciona guerra


Eduardo Costa anda em alta nas últimas semanas por contas das duas novas polêmicas. A última ele citou o acidente da Vale em Brumadinho, no qual devastou a cidade e se tornou o maior desastre ambiental causado por uma empresa até então.
Por meio de uma live nas redes sociais, ele informou que não daria para realizar nada na cidade por conta das circunstâncias: “Como a cidade foi desvatada é difícil você achar até um lugar em Brumadinho para você fazer qualquer tipo de evento. Aquele lugar cheira a corpo, cheira a morte. Só quem passa lá é quem vê”.
A prefeitura do local se manifestou de forma a mostrar o descontentamento com a colocação de Eduardo Costa. “Queremos crer que o cantor tenha cometido um equívoco que possa e precisa ser reparado”, disse em trecho.
CONFUSÃO COM FILHA DE THAEME
Durante um momento da live Cabaré com Leonardo, o cantor, já muito bêbado, se exaltou e disse que faria sexo pesando no bebê da sertaneja. Após polêmica, Thaeme informou que o cantou ligou, se desculpou e tudo entre eles ficou esclarecido. O próprio Eduardo Costa se arrependeu de algumas falas e decidiu não fazer lives como essas para evitar ataques.
SEXO COM MENOR DE IDADE
Uma outra grande polêmica do cantor é com relação aos seus namoros. Ele contou que teve namoro com meninas menores de idade quando era mais jovem e ainda destacou que o seu amor pode “não ter nascido” ainda.

Policias de Niterói prendem acusado de tráfico



Policiais da 76ª DP (Niterói) prenderam nesta sexta-feira (29/05) um homem acusado de tráfico de drogas. Ele foi capturado no bairro Itaipu, em Niterói e não resistiu à prisão.
Ainda nesta sexta-feira policiais da mesma unidade prenderam um homem acusado de extorsão. Ele foi preso no Centro de Niterói. Ele foi encaminhado à Secretaria de Administração Penitenciária onde está à disposição da justiça.

Sem prova de má-fé, homem que comprou camionete 4x4 adulterada poderá legaliza-la

O consumidor flagrado com veículo que apresenta determinados sinais de identificação adulterados, mas que comprova tê-lo adquirido de boa-fé, poderá promover a regularização e evitar o seu perdimento em favor dos órgãos de trânsito. Este foi o entendimento da 1ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça, em matéria sob a relatoria do desembargador Luiz Fernando Boller, para reformar sentença de comarca do sul do Estado que havia determinado a apreensão e alienação do bem móvel na forma de sucata ou reciclagem.
A camionete 4 X 4 do autor da ação foi comercializada por uma revenda que, segundo o Ministério Público, promovia a aquisição de veículos sinistrados para montagem e remontagem com peças de outros carros objetos de furtos e roubos. A perícia, neste caso, constatou que boa parte do veículo tinha sinais originais, porém detectou irregularidades em três itens: plaqueta de carroceria, plaqueta de identificação e selos de identificação.
Segundo o desembargador Boller, a legislação admite que estes marcos sejam substituídos, desde que com o aval da autoridade de trânsito e fornecimento pelo fabricante do veículo. Além do mais, destacou o relator, recentemente o Superior Tribunal de Justiça se pronunciou sobre o assunto e disse que a adulteração de veículo, sem prova de autoria, possibilita ao adquirente de boa-fé promover sua regularização. ¿Ora, em momento algum o (autor) refutou que a carroceria do automotor seja oriunda de receptação, tendo apenas alegado sua boa-fé. E, de outro prisma, o Ministério Público não comprovou a pretextada má-fé do insurgente¿, concluiu Boller. A decisão foi unânime (AC n. 0060336420028240075).
Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina

domingo, 31 de maio de 2020

Polícia Civil prende duas pessoas e aperta o cerco contra furtos de fios da Deso



A Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) e a Delegacia Regional de Lagarto realizaram nesta sexta-feira, 29, a prisão de duas pessoas suspeitas de participarem do furto de fios elétricos de cobre na cidade de Lagarto, na madrugada de ontem para hoje. A ordem da SSP é apertar o cerco contra esse tipo de crime, que tem levado muito prejuízo para a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) e deixa milhares de pessoas sem o correto abastecimento de água.
O crime causou bastante repercussão na região por se tratar de fios elétricos que estão em estações de tratamento de água da Deso e também da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos (Cohidro). Por conta desse furto, as cidades de Riachão do Dantas, Lagarto e Simão Dias ficaram sem o abastecimento de água por um longo período, até que as máquias fossem consertadas.
De acordo com o delegado Jorge Eduardo, diante da gravidade do fato, em meio à crise em que estamos passando, a Polícia Civil deu atenção especial ao crime e, através das unidades especializadas, conseguiu efetuar a prisão de duas pessoas e recuperou parte dos objetos furtados.
A pedido dos próprios gestores da Deso, o secretário da Segurança Pública, João Eloy, determinou rigor nas investigações. Com as duas prisões, a polícia tentará identificar outros envolvidos na prática dos furtos.

Empresária é presa por fraude na venda de consórcios em Baturité



Uma ação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Regional de Baturité, resultou na prisão preventiva de uma empresária suspeita de aplicar golpes na venda de consórcios de motocicletas, na cidade de Baturité – Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15) do Estado. A ofensiva policial ocorreu nessa quinta-feira (28), no bairro Conselheiro Estelita.

Equipe da Fiocruz MG trabalha em vacina brasileira para covid-19

Foto : Jefferson Peixoto/Secom
Por Kamille Martinho - Em todo o mundo, cerca de 200 grupos de cientistas trabalham intensamente no desenvolvimento de uma vacina segura e eficaz contra a covid-19. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), pelo menos oito delas já iniciaram a fase clínica, de testes em pessoas. As informações são da Agência Brasil.
A equipe brasileira, composta por 15 pessoas, é liderada pelo pesquisador Alexandre Vieira Machado, da Fiocruz em Minas Gerais, em parceria com outras instituições, como a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Instituto Butantã, a Universidade de São Paulo (USP) e a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.
Segundo Machado, o Instituto do Coração (Incor) de São Paulo também trabalha no desenvolvimento da vacina, liderado pelo médico Jorge Kalil, e há troca de informações entre as duas equipes. “Esperamos que nós possamos utilizar a deles junto com a nossa em alguns testes”, diz Machado.

PM diz que neonazistas foram estopim para confronto durante ato pela democracia



Colaboradores Yahoo Notícias - O protesto de torcidas organizadas em defesa da democracia, na Avenida Paulista (SP), terminou em confronto com apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e com a intervenção da Polícia Militar. Segundo o secretário-executivo da PM, coronel Álvaro Batista Camilo, pessoas que portavam bandeiras neonazistas foram o estopim do tumulto nas manifestações.
"A polícia filma tudo, estamos filmando isso também, vamos passar para a Justiça e o Ministério Público para que se apure. Provavelmente, [o estopim] seja o pessoal ligado ao neonazismo que acabaram começando, levando a esse tumulto", disse Camilo ao canal CNN Brasil.
O oficial não especificou de qual lado dos atos estavam as bandeiras neonazistas, porém as torcidas de futebol protestavam contra o fascismo (ideologia que originou o nazismo). O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comparou os manifestantes aos “antifa” (antifascistas), classificados por Donald Trump, líder dos Estados Unidos, como “terroristas”.
Em um vídeo que circula nas redes sociais, foi possível ver uma pessoa ao lado de apoiadores do presidente desfilando com a bandeira preta e vermelha do grupo extremista ucraniano Pravy Sektor (Setor Direito), ligado ao neonazismo.
A PM utilizou a Tropa de Choque e bombas de gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes contrários a Bolsonaro e dar passagem aos apoiadores de Bolsonaro, que pediam o impeachment do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), chamando-o de “genocida”.

Mesmo na Pandemia cidade realiza Bolão da Vaqueijada


O assunto dominante nas Redes Sociais da última sexta-feira, 29, foi a “festa” que aconteceu no Parque de Vaquejada Antonio Flávio em Jeremoabo BA, que teve até chamada antecipada pelas Redes Sociais. Na verdade, pelo que se comenta, uma aposta de “pega de boi” e que teve uma aglomeração de pessoas além do normal.Não se sabe como foi liberada ou por quem foi liberada, mas de responsabilidade total da Administração Pública, administradora do local do evento. Daí dá para se imaginar onde ocorre o descaso no combate a pandemia do COVID-19 no município.
Num momento em que praticamente quase tudo está sem funcionar (bares, restaurantes, etc.) autorizar a realização de tal evento é no mínimo uma grande irresponsabilidade.
Agora dois times de futebol preparam suas apostas e já estão solicitando o Estádio para realização. Já pensou se a moda pega?


Covid-19: Fábio Vilas-Boas comemora queda de contágio na Bahia


O secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, comemorou no início da tarde deste domingo (31), a queda da taxa de contágio da Covid-19 na Bahia. Segundo o secretário, o Estado conseguiu manter a média estadual abaixo de 5%.
Ainda de acordo com Vilas-Boas, cidades como Jequié, Eunápolis, Porto Seguro e Itamaraju merecem um pouco mais de atenção.
Até o último sábado (30), a Bahia havia registrado 17.626 casos confirmados de coronavírus, o que representa 15,44% do total de notificações no estado, e 638 óbitos.

Ilhéus registra primeiro caso de indígena com Covid-19 na Bahia


O Movimento Unido dos Povos e Organizações Indígenas da Bahia (Mupoíba) comunicou, neste sábado (30), a morte por covid-19 de um índio idoso pertencente à terra indígena Tupinambá de Olivença, no Sul da Bahia. Falecido no último domingo, 17 de maio, ele esteve internado no Hospital da Costa do Cacau, em Ilhéus, entre os dias 28 de abril a 7 de maio, período em que a unidade passou por surto de contaminação da doença. Segundo o movimento, a princípio, o idoso estava internado por problemas neurológicos e há possibilidade de ter contraído a covid-19 no hospital.
Quando a morte ainda era suspeita, o Mupoiba havia informado que familiares da vítima seriam testados e alguns foram confirmados. A secretaria de saúde de Ilhéus confirmou a morte por covid-19 do paciente. Ao jornal Correio, o secretário Geraldo Magela explicou que o índio deu entrada no hospital com quadro de derrame cerebral e foi contaminado pela nova doença no interior da unidade.
A prefeitura, junto com a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) — que é um braço do Ministério da Saúde — determinou a testagem de cerca de 60 pessoas ligadas ao índio, entre acompanhantes, visitantes e outros indivíduos que tiveram contato direto. O idoso era morador do complexo das Aldeias Acuípe.

GERENTE DA CAIXA DE ITABUNA MORRE VÍTIMA DE COVID-19


O gerente da Caixa Econômica Federal, Adevilson Alves Santos, faleceu neste domingo (31), foi mais uma vítima fatal da Covid-19 em Itabuna. O gerente ficou internado com dificuldades respiratórias desde o dia 8 do mês de maio. Adevílson estava internado na Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa de Misericórdia.
Por ser considerado grupo de risco, o gerente teria sido autorizado a trabalhar remotamente, de casa. Por isso, ainda não se sabe como foi a contaminação.
Adevilson Alves estava na Caixa Econômica há mais de 20 anos. Ele foi gerente-geral da instituição financeira nos municípios de Ilhéus e Ubaitaba. Antes de ingressar na Caixa, trabalhou nos bancos Econômico, Mercantil do Brasil e Real, onde deixou muitos amigos.

Homem que matou companheira indígena em Itaju do Colônia é capturado pela Rondesp


Na tarde deste domingo (32), policiais militares da Rondesp Sul prenderam o homem responsável pela morte da própria companheira, a indígena Laureana Ferreira Borges, 28 anos.
O feminicídio ocorreu em Itaju do Colônia, no sul da Bahia, na noite deste sábado (30). A prisão do indivíduo ocorre, portanto, menos de 24h após o cometimento do crime.
Os policiais localizaram o assassino em uma fazenda, e arma utilizada para matar Laureana com cerca de cinco tiros, foi apreendida, também nesta ação policial que prendeu o autor do crime.
Informações preliminares de internautas, ainda neste sábado à noite, apontavam para a morte do autor do crime, pouco tempo depois de matar a esposa, especulando-se, inclusive, acerca de suicídio.
O Verdinho Itabuna seguiu em apuração, e o fato é que o homem havia fugido e felizmente, foi capturado nesta ação deste domingo, realizada pela Rondesp.

Rita Cadillac conta que auxílio emergencial pagou conta de luz e condomínio



Redação Vida e Estilo - Rita Cadillac, 65 anos, contou que usou a primeira parcela do auxílio emergencial concedido a trabalhadores informais em meio à crise para pagar luz, condomínio e outras contas. A dançarina justificou a inscrição para o recebimento dos R$ 600 já que está sem trabalho.
“Quem pediu o benefício foi a cidadã Rita de Cássia. Porque a Rita Cadillac está dormindo desde que começou a pandemia e só vai acordar quando ela puder voltar a fazer shows, o que eu sempre fiz na minha vida. Se eu estivesse trabalhando, eu jamais pediria”, disse, em entrevista ao jornal “Extra”.
Segundo Rita, seu pedido cumpriu todas as exigências estipuladas pelo governo federal. “Preenchi todo o cadastro, mandei tudo o que eles pediram, foi analisado e me deram. O dinheiro ajudou a pagar luz, uma parte do condomínio e outras contas”, explicou.
A ex-chacrete comentou ainda os ataques que recebeu nas redes sociais por ter recebido o auxílio. “Até agora estou sem entender o porquê disso. As pessoas imaginam que todos os artistas são milionários e moram em mansões. Tem muito artista que não. Eu não sou assalariada, não tenho contrato com ninguém”, justificou.
Rita conta que tinha uma média de 15 shows agendados por mês, mas a programação até meados de julho foi cancelada com a pandemia do novo coronavírus. “O artista foi o primeiro a parar e será o último a voltar a trabalhar. As pessoas fizeram um reboliço tão grande que me magoou muito. Nunca menti, nunca disse que sou rica, nunca mostrei uma fortuna. Minha vida sempre foi muito simples”, afirmou.

sábado, 30 de maio de 2020

Zeca Camargo deixa a Globo após 24 anos na emissora



Por Metro1  - Zeca Camargo não faz mais parte do quadro da Rede Globo. Após 24 anos de colaboração com a emissora, o apresentador não teve seu contrato renovado. “A decisão da não renovação do contrato foi feita em comum acordo entre o apresentador e a empresa, que continuará de portas abertas para possíveis projetos, em todas as plataformas”.
O jornalista usou seu perfil no Instagram para fazer uma mini-retrospectiva de seu trabalho na emissora. “Levo as melhores lembranças dessa parceria de 24 anos. Nessa colaboração eu celebro a chance preciosa que tive de trabalhar em um lugar tão aberto às novas ideias onde elas ganharam espaço e repercussão. Lá, cresci e me desenvolvi com profissionais incríveis e sou especialmente grato, na minha trajetória, ao Luiz Nascimento por todo o período do ‘Fantástico’, e ao Boninho, parceiro forte em várias frentes desde o sucesso de ‘No Limite'”,

Mulher indígena é assassinada pelo próprio companheiro em Itaju do Colônia


Na noite deste sábado (30), por volta das 19h, um feminicídio foi registrado na cidade sul baiana de Itaju do Colônia.
De acordo com informações preliminares de internautas da cidade, uma indígena foi assassinada a tiros pelo seu companheiro. Posteriormente ele foi encontrado morto em outro local, mas não se sabe se por suicídio, ou se outras pessoas teriam vingado a morte da mulher.
Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica foi acionada para proceder com perícia e remoção do corpo da vítima. O crime chocou os moradores da cidade. O Verdinho Itabuna está em busca de mais informações.

PF informa ao STF que vai colher depoimento de Bolsonaro sobre inquérito


A Polícia Federal informou o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que um dos próximos passos do inquérito sobre interferências na PF será tomar o depoimento do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido). A informação faz partida da investigação sobre a suposta interferência do presidente na corporação. De acordo com o jornal O Globo, através de um ofício, a PF pediu uma prorrogação de prazo de 30 dias para concluir as diligências do caso.
Cabe ao ministro Celso de Mello autorizar a prorrogação de prazo solicitada pela PF. No entanto, o decano do STF não precisa autorizar especificamente que os investigadores tomem o depoimento de Bolsonaro. Os detalhes do depoimento serão definidos pela Polícia Federal, após a definição do novo prazo para a investigação.
No documento, a Polícia Federal cita entre as diligências pendentes a tomada de depoimento do presidente, que é alvo da investigação.O ofício não diz se Bolsonaro prestará depoimento por escrito ou pessoalmente. Nos inquéritos que correram contra o então presidente Michel Temer (MDB), ele foi ouvido por escrito pela PF.
Neste caso, porém, o ministro Celso de Mello tem sinalizado que o procedimento pode ser diferente. A legislação prevê que o presidente pode prestar depoimento por escrito no caso de ser testemunha em alguma investigação, mas não existe dispositivo legal sobre a possibilidade de um presidente da República ser ouvido na condição de investigado.

Laboratório com R$ 1,2 milhão em cocaína é encontrado em imóvel de luxo em Eunápolis; dois suspeitos são presos



Um laboratório com R$ 1,2 milhão em cocaína foi encontrado em um imóvel de luxo alugado na cidade de Eunápolis, no sul da Bahia, nesta sexta-feira (29). Na ação, realizada pela Polícia Militar, dois suspeitos de tráfico foram presos; foram apreendidos R$ 38 mil em espécie, além de diversos objetos utilizados no refino e pesagem de drogas.
O imóvel fica localizado no bairro Antares. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a operação contou com o apoio de Diva, cadela do 8° Batalhão de Polícia (BPM/Porto Seguro), especialista em farejar entorpecentes.
Na última segunda (25), um dos chefes do tráfico na região se hospedou em um hotel da cidade e começou a ser acompanhado por policiais da 23ª Coorpin. A investigação levou as equipes até o imóvel, alugado e mobiliado por ele, em um bairro nobre. O local era fachada para o refino e distribuição de cocaína.
Conforme a SSP, na casa foram achados 13 kg de cocaína pura que, após processo de mistura com cafeína e creatina, renderiam 60 kg e seriam vendidos por R$ 1,2 milhão. Também foram apreendidos um revólver, 126 munições, um liquidificador e uma prensa industriais, uma balança e outros acessórios usados no refino e divisão da droga.
Os dois suspeitos foram presos em flagrante; um deles era investigado por participação em roubo. No hotel onde o líder do grupo se hospedou, foram achados R$ 38 mil em espécie e três veículos. O criminoso não foi encontrado. G1 Bahia.

Sede da PGR amanhece pichada: “Procuradoria-Geral do Bolsonaro”

Placa da sede da PGR foi pichada na madrugada deste sábado (30) - Foto: Reprodução/Twitter

por Redação - A sede da Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília, foi alvo de pichação na madrugada deste sábado (30). Circula pelas redes sociais uma foto da placa que identifica o órgão, na qual é possível ler “Procuradoria-Geral do Bolsonaro”, com o nome do presidente escrito logo acima da palavra “República”. Segundo o jornal O Globo, a mensagem foi apagada logo pela manhã.
Procurada, a PGR repudiou o ato, que classificou como “vandalismo”. Afirmou ainda que já há investigação para “responsabilização civil e criminal”, pois o ato “danificou patrimônio público”. Afirmou ainda que serão tomadas medidas de reforço da segurança em todas as unidades do país.