sábado, 7 de dezembro de 2019

Com arrecadação média de R$ 9 milhões por show, turnê Sandy e Junior foi a segunda mais lucrativa do mundo em 2019


Por Angela Correa - César Ovalle/Divulgação - A turnê Nossa História, realizada pela dupla Sandy e Junior no ano de 2019, foi a segunda mais lucrativa do mundo. Os dados foram reunidos pelo Pollstar, publicação voltada para a indústria de shows, e considera um levantamento até a semana de 4 de dezembro deste ano.
A dupla ficou atrás apenas da turnê realizada pelo cantor Elton John. A arrecadação média dos irmãos, por cidade, foi de mais de US$ 2,2 milhões (R$ 9 milhões, na cotação atual), com um valor médio dos ingressos de US$ 54 (R$ 255). Mais que isso, Sandy e Junior superaram turnês de astros internacionais, como Ariana Grande, Jonas Brothers, Guns N' Roses e Muse.
A dupla anunciou a turnê em março passada para comemorar os 30 anos de carreira, com previsão inicial de shows em dez capitais brasileiras. Devido à alta demanda, o período de apresentação se estendeu, com começo em 12 de julho e final em 6 de outubro, e duas apresentações internacionais, nos Estados Unidos e em Portugal.
Diversos clássicos da dupla integraram as performances, mas uma alteração chamou atenção: Sandy e Junior decidiram mudar a letra da música Maria Chiquinha, que "não seria mais aceitável", segundo os irmãos. Além disso, a turnê deve ganhar um documentário de sete episódios no GloboPlay, com lançamento previsto para 2020.

Manifestação da PGR 'objetiva tumultuar' habeas corpus, diz defesa Lula


Adefesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que a manifestação da Procuradoria-Geral da República contra a suspeição do ex-juiz Sergio Moro é "extemporânea e objetiva apenas tumultuar o bom andamento" do habeas corpus do petista no Supremo Tribunal Federal. A PGR apontou nos autos que a suposta troca de mensagens entre Moro e o procurador Deltan Dallagnol, da Lava Jato, é "absolutamente comum", caso sejam verdadeiras.
"Em nosso sistema, a lei não exige que uma parte só tenha contato com o julgador na presença da outra. É absolutamente comum que membros da Advocacia e do Ministério Público conversem com o julgador sem a presença da outra parte", afirma a PGR, ao explicar que, se as mensagens fossem comprovadas reais, não poderiam ser classificadas como conduta ilícita.
Cristiano Zanin busca no STF a suspeição de Moro no processo contra Lula envolvendo o triplex do Guarujá, no qual o ex-juiz condenou o petista a nove anos e seis meses de prisão. No Superior Tribunal de Justiça, a pena foi reduzida para oito anos, dez meses e vinte dias de reclusão.
O defensor de Lula afirma que a PGR alega, de forma "descabida", que não teve a oportunidade de se manifestar sobre reportagens publicadas pelo site The Intercept Brasil que apontaria suposta imparcialidade de Moro. Zanin aponta que a ex-PGR, Raquel Dodge, já havia se manifestado sobre o assunto no processo em junho deste ano.
O posicionamento da PGR sobre as mensagens é de que elas não podem ser consideradas provas válidas por não terem passado por uma perícia técnica e por terem sido obtidas de forma ilícita, via ação de hackers que invadiram as comunicações de Moro, Deltan e de outras mil autoridades. Apesar disso, a Procuradoria afirma que, mesmo se as conversas atribuídas a Moro e a Deltan fossem reais, elas não violam a legislação nem poderiam ser utilizadas para inocentar Lula no processo do triplex do Guarujá.
"A Procuradoria Geral da República, por erro ou má-fé, desconsiderou essa manifestação anterior para trazer uma nova manifestação aos autos sobre o mesmo assunto, causando tumulto processual", afirma a defesa. "Por tal razão, o novo parecer da PGR deve ser desentranhado dos autos".
A defesa também questiona o argumento de que a condução coercitiva contra Lula, deflagrada em 2016 no âmbito da fase Aletheia da Lava Jato. A PGR afirmou que Moro "demonstrou sobriedade e cuidado para preservar a dignidade e honra" ao decretar a condução do ex-presidente. Segundo Zanin, o objetivo foi, na verdade, "criar um ambiente artificial de culpa".
Zanin também afirma que a PGR "omitiu" que Moro teria autorizado a intercepção do ramal de seu escritório "para monitorar em tempo real a estratégia da defesa do Paciente por vinte e três dias" e teria atuado com seletividade ao divulgar áudios envolvendo Lula e a ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016, e manter sob sigilo da conversa entre o petista e o então vice-presidente Michel Temer, em 2016.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico incinera quase 6t de entorpecentes




Campo Grande (MS): Na manhã desta sexta-feira (6), a Polícia Civil, através da Denar, efetuou solenidade de incineração de entorpecentes 5.854.853,62 gramas de substância análoga a maconha e 30.058,97 gramas de substância análoga a cocaína, drogas estas apreendidas por todas as forças policiais de Campo Grande.
A incineração foi realizada nas dependências de um frigorífico, tendo participado do evento os delegados da Denar - Gustavo Adolpho Bianchi Ferraris – delegado titular, Pablo Gabriel Farias da Silva (delegado adjunto) e Hoffman D'Ávila Cândido e Sousa, e toda a equipe da unidade, além de representante do Ministério Público Estadual, fiscais da Vigilância Sanitária e Peritos do IALF - Instituto de Análises Laboratoriais Forenses.
Essa é a quinta incineração de drogas realizada pela Denar neste ano de 2019, sendo que no total já foram incineradas aproximadamente 31 toneladas de substância análoga a maconha e 721kg de substância análoga a cocaína.
Publicado por: Carlos Eduardo Orácio

Homem é preso por tráfico no Patronato Penitenciário de Campo Grande



Campo Grande (MS) – Policiais civis da Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar), prenderam em flagrante na tarde desta sexta-feira (6), A. A. G., 32 anos, flagrado com drogas no interior do Patronato Penitenciário de Campo Grande.
Conforme a Denar, os investigadores chegaram até o acusado por meio de denúncia anônima que informou que um homem em liberdade condicional receberia uma mochila com drogas, que seria levada ao Patronato Penitenciário por uma adolescente de 17 anos.
Equipes de investigação e de inteligência da Denar realizaram diligências no local e flagraram a chegada da adolescente, que entrou no Patronato Penitenciário e entregou uma mochila a A. A. G.. O suspeito e a menor foram abordados e em revista os policiais encontraram na mochila 2 porções de cocaína, porção de maconha, balança de precisão e a quantia de R$ 127 em dinheiro.
A droga foi apreendida e o acusado preso e encaminhado à Denar, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrução de menores, sendo em seguida colocado à disposição da Justiça.
A adolescente foi autuada e responderá a ato infracional análogo ao tráfico de drogas.
Publicado por: JOELMA BELCHIOR

Polícias Civis do CE e do DF prendem traficante que comercializava drogas conforme a cotação do dólar





Uma investigação desenvolvida pela Polícia Civil do Estado do Ceará, por meio da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), realizada em julho deste ano, resultou na prisão de um traficante que comercializava drogas de acordo com a cotação do dólar. A prisão do suspeito, ocorrida na última quarta-feira (4), foi realizada por policiais civis do Distrito Policial. As informações que levaram a captura do homem foram trocadas pelas duas instituições. Com ele, a Polícia apreendeu mais drogas semelhantes às apreendidas no Ceará.
Marcus Vinicius Ferreira de Souza (29) foi capturado por policiais civis da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord) da Polícia Civil do DF, em seu apartamento localizado na Asa Norte em Brasília. O homem é suspeito de vender drogas em áreas nobres de Brasília, além de repassar os entorpecentes a traficantes de outros estados do País, incluindo o Ceará. No local, a Polícia apreendeu 100 gramas de haxixe; 20 g de cocaína; dez cigarros eletrônicos de maconha; 25 refis de cigarro eletrônico com essência e altíssimo teor de Tetraidrocanabinol (THC); comprimidos de ecstasy e um revólver calibre 38, com quatro munições intactas; uma balança de precisão; rolo de papel filme transparente; embalagens plásticas para acondicionar drogas; tesoura; faca; celulares; notebook; bloco de anotações; agenda de contatos e um veículo utilizado pelo traficante.

DT/Correntina apreende armas e munições



Dois rifles calibres 22, um rifle calibre 38, duas espingardas de fabricação artesanal e uma cartucheira calibre 36 foram apreendidos, na quarta-feira (4), em Correntina, por uma equipe da Delegacia Territorial (DT), do município.
As armas foram encontradas na casa de Valdemar Moreira Barbosa, onde os policiais cumpriram um mandado de busca e apreensão. Na residência e no estabelecimento comercial do homem, localizado no mesmo endereço, também foram apreendidos 205 munições e 81 cartuchos intactos, de diversos calibres.
Ainda no local, a equipe encontrou um carregador para calibre 22, 16 pacotes contendo chumbo, dez vidros de pólvora e quatro latas com espoletas. Valdemar foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições, permanecendo à disposição da Justiça.
Ascom-PC/Priscila Carvalho

Polícia deflagra operação para combater tráfico em Itabuna



Equipes da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Itabuna, em conjunto com a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), daquela cidade, deflagraram, na manhã de quinta-feira (5), a Operação Delivery Itabuna.
Com o objetivo de combater o tráfico de drogas, a ação policial resultou na prisão do traficante Gilson Bispo da Silveira, que teve a prisão preventiva cumprida durante a Operação.
De acordo com as investigações, Gilson se passava por mototaxista para realizar entregas de entorpecentes, em Itabuna. O criminoso será encaminhado ao sistema prisional. Celulares e tablets também foram apreendidos durante a operação.
Ascom-PC

Tribunal proíbe penhora de carro de idoso com doença cardíaca

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) concedeu ontem (4/12) uma liminar em favor de um idoso de 76 anos determinando a impenhorabilidade de seu carro, tendo em vista que o veículo é usado para o seu tratamento médico. A liminar foi proferida pela desembargadora federal Vânia Hack de Almeida, fundamentada no princípio da razoabilidade e da dignidade da pessoa humana.
O homem, que é engenheiro florestal e professor aposentado, atuava como perito judicial em ações ambientais no estado do Paraná. Em 2001, ele foi condenado pela 11ª Vara Federal de Curitiba à devolução de honorários pagos em um processo que investigava a suspeição de um laudo técnico. O réu declarou possuir como bens apenas a residência onde mora e um carro popular, e indicou o veículo à penhora para o pagamento da dívida.

Assinada ordem de serviço para implantação do hospital materno-infantil de Ilhéus

O Governo do Estado assinou na tarde de sexta-feira (6), a ordem de serviço para início das obras de implantação do Hospital Materno-Infantil de Ilhéus. O ato contou com a presença do titular da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas. Para o prefeito Mário Alexandre o fortalecimento do sistema público de saúde do município foi obtido mediante ampliação dos serviços da rede de Atenção Básica.
“A aquisição da maternidade pública é fruto de muito trabalho, credibilidade e parceria junto ao Governo do Estado e mostra que realmente estamos trilhando o caminho certo na reconstrução da cidade, principalmente no âmbito da saúde”, destacou o prefeito de Ilhéus. Segundo o Governo do Estado, a previsão é de que o Hospital Materno Infantil seja inaugurado no prazo de um ano e meio.
Fábio Vilas-Boas pontuou que o Município traçou metas e planos em atendimento às diretrizes pactuadas junto ao Estado. “Esse é o momento no qual o Governo do Estado demonstra seu compromisso com o povo, principalmente com as pessoas dependentes do sistema público de saúde. Nós queremos fazer de Ilhéus um centro de referência à saúde no sul da Bahia”.

CINCO BAIANOS CONVOCADOS PARA INTEGRAR A SELEÇÃO BRASILEIRA DE BOXE OLÍMPICO


Resultado de imagem para boxeador na bahia

A partir do dia 5 de janeiro de 2020, cinco atletas da modalidade de boxe da Bahia passam a integrar oficialmente a Seleção Brasileira de Boxe Olímpico. A convocação foi formalizada por meio de ofício enviado na quarta-feira (4), pela Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe), ao presidente da Federação de Boxe Olímpico e Profissional do Estado da Bahia, Joilson Santana.
A primeira mudança concreta dessa conquista na vida dos boxeadores Beatriz Iasmin Ferreira, Gleisiele Pereira Gomes, Edson Araújo de Jesus, Hebert W. Carvalho da Conceição e Joel Ramos da Silva é a transferência de residência para a cidade de Santo Amaro, em São Paulo, onde serão incorporados a outros atletas brasileiros de destaque dessa modalidade esportiva, no Centro de Treinamento de Alto Rendimento.
Assim que chegarem à cidade paulista, todos os atletas reunidos no centro iniciam a preparação e desenvolvimento com vistas ao ciclo Olímpico 2020. Além de toda a preparação técnica, os boxeadores convocados terão direito à moradia, alimentação, fisioterapia, assistência psicológica, nutricional, preparação física especial e treinamento de alto rendimento. Os atletas que se destacarem serão convocados para representar o Brasil em torneios internacionais.

Morre Coronel, ex-lateral apontado como melhor marcador de Garrincha


Morreu nas primeiras horas desta quinta-feira (5), o ex-lateral-esquerdo Coronel, 84 anos, que defendeu o Vasco de 1955 a 1962. Ele ficou conhecido como o principal marcador de Garrincha, ídolo do futebol brasileiro e de longa carreira no Vasco. Os embates entre os dois se transformaram em amizade.
Coronel morreu em Porto Real, na região do Médio Paraíba do Estado do Rio. De acordo com reportagem da Folha de São Paulo, ele foi submetido a uma endoscopia no último sábado e vinha sofrendo com dores. Com passagem pela Seleção Brasileira, Coronel era Antônio Evanil da Silva. Defendeu também o Náutico, a Ferroviária (SP) e o Union Madallena (Colômbia). No Vasco, conquistou os Campeonatos Cariocas de 1956 e 1958.

VIDEO - Casal é preso com mais de uma tonelada de maconha escondida em carga de colchões


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na tarde desta quinta-feira (05), aproximadamente 1,3 toneladas de maconha, embaladas em pacotes, que estavam escondidos no compartimento de carga acoplada ao caminhão M.BENZ/L1513, com placas de São Paulo. Um casal foi preso.
O flagrante ocorreu durante uma fiscalização da PRF de combate a criminalidade no KM 544 da BR- 116, em Milagres, distante 230 quilômetros de Salvador.
Inicialmente foi dada ordem de parada ao veículo que estava transportando carga de colchões, sendo realizado pelos agentes os procedimentos de fiscalização. Durante a entrevista, percebeu-se certo nervosismo do motorista, um homem de 44 anos.
Em seguida foi realizada vistoria minuciosa no baú, foi quando os agentes encontraram milhares de pacotes da maconha, escondidas em meio a colchões. Após retirada da carga e pesagem do entorpecente, o volume apreendido da droga é de aproximadamente um mil e trezentos quilos.
Ao ser questionado, o homem informou que recebeu a maconha em Cascavel (PR) e teria como destino a cidade de Sousa, no estado da Paraíba. Falou ainda que receberia a importância de 17.000 reais pelo transporte.
O casal, a droga e o caminhão foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Judiciária e apresentados a autoridade de plantão, para lavratura do auto de prisão em flagrante e demais providências cabíveis.

Lula dança em comunidade quilombola em Paraty e diz que foi à prisão para combater 'canalhice'



Lula dança em Quilombo - Foto: Reprodução/Facebook

Yahoo Notícias - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva publicou nesta quinta-feira (05) um video de sua visita a uma comunidade quilombola local de Paraty, no Rio de Janeiro. Nas imagens, o petista dançar e discursar aos presentes.
Solto há pouco menos de um mês, o petista tem rodado o país falando a seus apoiadores. Em Paraty, ele foi recebido por um dos líderes do local, usou chapéu e dançou entre os moradores do Quilombo do Campinho da Independência.
Em sua fala, Lula voltou a dizer que pretende voltar a sua inocência. "Tomei uma decisão de provar que era mentira ficando no Brasil e indo me entregar na Polícia Federal. Eu poderia ter ido para outro país, uma embaixada, mas tomei uma decisão de ir para Curitiba, porque era preciso alguém enfrentar toda a quantidade de canalhice feita nesse país contra o PT, contra o Lula e contra tantas outras pessoas".
Ele negou ter se envolvido com corrupção e disse ser a favor da prisão de quem está envolvido em ilegalidades. “Ninguém é contra o combate à corrupção, tomou dinheiro, tem que ir para a cadeia. Mas tem que ir para cadeia quem for comprovado que roubou. E quem não for provado, seja inocentado."
Nesta quarta-feira (4), Lula teve outra notícia para comemorar. O juiz Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal em Brasília, absolveu o ex-presidente e Dilma Rousseff. Além dos dois, os ex-ministros Antônio Palocci e Guido Mantega, além do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, na ação penal apelidada de "quadrilhão do PT".

Arrastão em Buerarema: “Meu filho estava precisando das coisas”, diz um dos assaltantes



Dez celulares, uma bolsa e uma carteira. Este é o “saldo” parcial de um “arrastão”, promovido por dois assaltantes na noite desta quinta-feira (05), em Buerarema. Michael Souza Oliveira, o “Maicon”, de 24 anos, morador de Santa Luzia, e um adolescente de 16, de Camacan, foram presos em flagrante pela Polícia Militar. Os dois foram levados para o Complexo Policial de Itabuna.
Maicon e o menor estavam em motos diferentes – uma Honda CG, de placa OZP-0784, e uma Honda Bros, de placa NTG-3125, respectivamente. A dupla estava desarmada, mas ameaçava as vítimas, simulando estarem com revolveres dentro da roupa.
Ao Verdinho, os acusados disseram que esta é a primeira que cometem assaltos. Segundo eles, a “necessidade” os levou a optar pelo mundo do crime. “Tenho um filho de sete meses que está precisando das coisas. Entrei nessa vida agora”, argumentou o adolescente. Os dois contaram, ainda, que são amigos há muito tempo. Quanto às motos, o menor disse que pertencia ao pai. Já Maicon, afirmou que havia tomado emprestado de alguém.
Até o fechamento dessa matéria, cinco pessoas haviam comparecido ao plantão central, em Itabuna, para prestarem queixa. Mas o número de vítimas é bem maior, segundo a polícia.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

PC-CE APREENDE MAIS DE 6 MIL MEDICAMENTOS COM CASAL EM BARRACA DE FEIRA


Uma operação deflagrada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio do 13° Distrito Policial (DP), resultou nas apreensões de diversos medicamentos que eram vendidos irregularmente em uma feira, no Conjunto Tancredo Neves,no bairro Jardim das Oliveiras, na Área Integrada de Segurança 7 (AIS 7). Duas pessoas foram presas em flagrante, nesta quinta-feira (7), mas ambas vendiam os materiais em barracas separadas no local. Os agentes chegaram à dupla após uma denúncia anônima sobre a prática criminosa.
De posse das informações, a Polícia Civil iniciou as investigações e, na manhã de hoje, diligenciou até a feira apontada na denúncia. O primeiro a ser preso foi identificado por José Marcos Sabino da Silva (34). Na banca dele, os policiais civis encontraram os medicamentos, inclusive remédios com tarja preta, que eram vendidos sem prescrição médica. Ao ser questionado, José admitiu que vendia os materiais e que já havia trabalhado como balconista de uma farmácia, em Fortaleza. Seguindo com as diligências, na mesma feira, os policiais civis chegaram a Francisca Crizeuda Araújo de Oliveira (35). Com ela também foram encontradas várias caixas, que ela admitiu comercializar.

No total, com as duas ações no mesmo local, em torno de seis mil comprimidos foram apreendidos em quase mil cartelas de medicamentos. Os dois presos foram levados ao 13° Distrito Policial (DP), onde foram autuados em flagrante por crime contra a saúde pública. A pena para quem vende produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais é de reclusão dez a 15 anos, e multa. Com as apreensões, a Polícia Civil agora dará continuidade às investigações com o objetivo de identificar a origem dos materiais e se há outras pessoas envolvidos no esquema criminoso.

GAROTA DE 13 ANOS SALTA DE CARRO EM MOVIMENTO PARA EVITAR ESTUPRO - SUSPEITO É PRESO



Mais uma vez a tecnologia aliada ao trabalho da Forças de Segurança resultou na elucidação de um crime em Fortaleza. Um homem suspeito de estupro de vulnerável, contra uma adolescente de 13 anos, foi preso, nessa terça-feira (3), após o veículo dele ser detectado pela inteligência artificial do Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). A abordagem foi realizada pelo motopatrulhamento do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA) da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Já as investigações estão a cargo da Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PMCE).
As informações foram repassadas em coletiva de imprensa na sede da SSPDS, na manhã desta quarta-feira (4), com a presença da delegada adjunta da Dceca, Yasmin Ximenes; da assessora de comunicação da Polícia Militar do Ceará, tenente-coronel PM Fátima de Paula; e do supervisor do Núcleo de Videomonitoramento da Ciops, tenente-coronel PM Alber Campos.
De acordo com as apurações conduzidas pela delegacia especializada da Polícia Civil, a vítima pulou do veículo para escapar da tentativa de estupro, que aconteceu no bairro Conjunto Ceará – Área Integrada de Segurança 2 (AIS 2) de Fortaleza, na segunda-feira (2). Após as oitivas e levantamento de informações, as Polícias Civil e Militar iniciaram as diligências, que não cessaram até a captura do suspeito. A vítima, que se submeteu a exame pericial, teve lesões em decorrência da queda do veículo.
Com isso, nessa terça-feira (3), após a Polícia identificar a placa do carro utilizado na ação criminosa, a informação foi inserida no Spia às 13h13min. Pouco mais de três horas depois, às 16h28min, o carro foi detectado pelo sistema e visualizado pelas câmeras do videomonitoramento da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). “Foi uma resposta imediata e satisfatória. É importante ressaltar que estamos falando de um volume de aproximadamente 1,2 milhão de veículo circulando em Fortaleza”, destacou o tenente-coronel Alber Campos.
Com isso, os operadores realizaram um cerco inteligente, e os policiais militares abordaram o carro modelo Chevrolet Classic, de cor prata, em uma avenida do bairro São João do Tauape (AIS 10). “A partir do momento que aconteceu o crime, as diligências se iniciaram, com objetivo de identificar o veículo do infrator. É importante deixar claro que as buscas se deram sem intervalo, ininterruptamente. Na delegacia de Polícia Civil, a vítima, na companhia de uma psicóloga da Rede Aquarela, reconheceu o investigado. É importante destacar que o procedimento de reconhecimento foi feito nos moldes que determinam o Código de Processo Penal”, destacou a delegada Yasmin Ximenes.
O condutor foi identificado por Leandro Abreu de Souza (28) – sem antecedentes criminais. Inicialmente, ele negou o fato, mas depois mudou a versão e disse que a vítima havia se jogado do carro. Ele foi encaminhado pelos policiais militares à sede da Dceca, onde foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e lesão corporal dolosa.

DT/Correntina apreende armas e 205 munições e 81 cartuchos intactos

Dois rifles calibres 22, um rifle calibre 38, duas espingardas de fabricação artesanal e uma cartucheira calibre 36 foram apreendidos, na quarta-feira (4), em Correntina, por uma equipe da Delegacia Territorial (DT), do município.
As armas foram encontradas na casa de Valdemar Moreira Barbosa, onde os policiais cumpriram um mandado de busca e apreensão. Na residência e no estabelecimento comercial do homem, localizado no mesmo endereço, também foram apreendidos 205 munições e 81 cartuchos intactos, de diversos calibres.
Ainda no local, a equipe encontrou um carregador para calibre 22, 16 pacotes contendo chumbo, dez vidros de pólvora e quatro latas com espoletas. Valdemar foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições, permanecendo à disposição da Justiça.
Ascom-PC/Priscila Carvalho

Reitores vão à Justiça contra mentira de Weintraub

  A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) exige na Justiça que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, prove declarações recentes de que há "crimes de produção de drogas" e "plantações de ervas" em universidades.                                                                                                                        
 
 
A Andifes pede que Weintraub apresente provas "efetivas" de insinuações sobre a "existência de diversos atos irregulares e práticas criminosas" nas instituições federais de ensino, caso o ministro mantenha as declarações.

"Com os achados, se houver, requer-se sejam nominados os responsáveis, as unidades locais, os dirigentes e as universidades, bem como todas as providências tempestivamente tomadas pelo senhor ministro em face de tais ocorrências", dizem os reitores. As mesmas declarações tresloucadas do ministro levaram a Comissão de Educação da Câmara dos Deputados a aprovar a convocação de Weintraub para esclarecimentos.
A Andifes representa as universidades e institutos federais em negociações com o governo. A associação ainda argumenta que as declarações de Weintraub repercutiram em todo o país, gerando possíveis transtornos aos gestores das universidades.

Com informações do jornal O Estado de S. Paulo

Advogada é agredida por vizinho de 18 anos após receber encomenda por engano



Câmeras de segurança flagraram o momento em que a advogada foi agredida pelo jovem na portaria do prédio. (Foto: Reprodução)

Yahoo Notícias  - Uma advogada foi agredida, na tarde desta segunda-feira (3), por um vizinho em um prédio de alto padrão nos Jardins, bairro rico de São Paulo, após receber uma encomenda por engano.
Flavia Penido, 51, conta que chegou em sua casa um pacote que não era para ela, ao que interfonou avisando à portaria do prédio do equívoco. O destinatário real da encomenda, um rapaz de cerca de 18 anos identificado como João, bateu à porta de sua casa pouco depois exigindo que ela lhe entregasse o pacote, um aparelho de celular.
Penido diz que avisou ao rapaz que estava em uma reunião por telefone pelos 30 minutos seguintes e que, depois disso, deixaria o produto na portaria, para que ficasse registrado que ela não recebeu a encomenda -o prédio tem um sistema de protocolos de entregas, com os registros de recebimento.
"Ele estava me xingando. Terminei a reunião dois minutos depois, porque eu estava nervosa. Quando saí para ir à portaria, ele estava na porta de casa e começou a me agredir. Me chutou e eu caí no chão. Entrou dentro da minha casa, aos gritos de 'Me dá meu celular'. Eu gritei por socorro, uma vizinha ouviu, ele se assustou e saiu", conta ela.
Penido, então, desceu à portaria para entregar a encomenda a um funcionário do edifício, quando foi agredida outra vez pelo rapaz. Uma câmera de segurança registrou o momento em que o vizinho tenta tomar a encomenda da mão dela, fazendo com que ela caísse mais uma vez.
A advogada diz que foi ao 78º Distrito Policial (Jardins) registrar um boletim de ocorrência contra o agressor, por volta das 18h, mas só conseguiu fazer a queixa às 23h.
"Não sei o que foi pior, se foi o que passei dentro do meu prédio, na minha casa, ou se foi o que passei na delegacia", diz.
"Quando cheguei, já disseram que iria demorar muito. Eu disse que não tinha importância, porque precisava fazer o B.O. Tinha duas ou três pessoas só na delegacia e fizeram dois flagrantes num período de cinco horas, mas me deixaram esperando."
Ao ser atendida, ela diz que enfrentou resistência da delegada de plantão para registrar que o agressor havia invadido a casa dela e teve uma medida protetiva negada, mesmo argumentando que há um entendimento, por parte do Ministério Público, que agressões desse tipo sejam incluídas na lei Maria da Penha. "Em tom de desdém, sugeriram que eu que procurasse o Ministério Público, então."
"Foi tudo em alto nível de descaso, parecia que estavam fazendo um favor para mim. Você percebe aí o interesse em desencorajar o registro da ocorrência", diz a vítima.
Em nota, a Secretaria de Segurança Pública de SP diz que a advogado foi atendida depois que a delegacia registrou outra ocorrência em flagrante, conforme dita resolução interna, "para permitir o retorno dos policiais ao patrulhamento".
Sobre a alegada resistência para registrar a invasão de domicílio, a nota diz que "a autoridade policial apontou as naturezas jurídicas compatíveis com os fatos narrados -lesão corporal dolosa e injúria- e concluiu o registro da ocorrência".
A pasta diz que a delegacia pediu exame de corpo de delito à vítima e a orientou a apresentar imagens de câmeras de segurança.
"A Corregedoria da Polícia Civil está à disposição da vítima para registrar denúncia sobre o atendimento prestado na delegacia", afirma a secretaria.
da FolhaPress

Jornalista baiana entra para equipe do Jornal Nacional



Após participação pelas comemorações dos 50 anos do "Jornal Nacional", a jornalista Jéssica Senra fará parte da equipe fixa de rodízio do produto global aos finais de semana a partir de 2020. Além da baiana, Aline Aguiar, de Minas Gerais, e Márcio Bonfim, de Recife, também foram promovidos ao posto.
Esta será a primeira vez que a Bahia terá uma representante no principal noticiário da Rede Globo. Em entrevista ao Bahia Notícias, a comunicadora celebrou a conquista. "Estou sem acreditar. Muito honrada em representar a TV Bahia e a Bahia".(BN)